28 de agosto de 2010

Preciso respirar seu ar


Eu já estava com as mãos geladas quando saí do ônibus.
Dali a alguns passos eu te encontraria e já nem sabia o que fazer, queria correr e te dar um abraço, te beijar e dizer tudo que sempre disse e um pouco mais, mas meu coração parou por um momento quando eu lembrei que já não era a mesma coisa.
Fui andando e tentando controlar a respiração, encontrei um amigo no caminho e logo quando olhei para trás te vi vindo na minha direção, não é que meu coração parou de novo? E meu sorriso me veio, não consegui controlar. Lá estava você: o amor da minha vida. E eu me perguntava o que foi que eu fiz que não estava ali com você desde cedo, o que foi que eu fiz que não podia ir te dar um beijo? Fiz merda, eu sei.
E em meio as minhas inquietações você veio e me abraçou gostoso como sempre... Aquele abraço que não dá vontade de largar, sabe? E os meus olhos se encheram de água, queria chorar e gritar ali mesmo que me perdoasse e me deixasse ficar com você de novo. Seu cheiro entrou em mim como de todas as outras vezes, e de um jeito alucinógeno me deixou louca, perplexa, hipnotizada.
Você sorriu e me olhou tão profundo... E tudo que eu queria era sumir dali e te levar para outro lugar para que eu pudesse te explicar, te mostrar e provar o que tenho certeza que já sabes: eu te amo.
Andamos com os nossos amigos, rimos juntos e paramos ali como sempre, na frente do mar. Todos estavam inteirados numa mesma conversa, mas qualquer um ali presente, mesmo que não soubesse do nosso passado tão perto, saberia que havia algo mais entre o nosso olhar... sabia que pertencíamos um ao outro. Como não pertencer? Somos tão ligados que as vezes nem é preciso ter algo o que dizer, nossos olhos conversam com códigos que só nós dois entendemos, e o nosso sorriso só sorri junto.
E quando eu estava tão perto... Você não me negou um beijo, e veio com tamanha maciez, tamanho carinho! Seus lábios tocaram os meus de novo e eu pude perceber que nada se compara a um beijo seu. Que o que meu corpo responde é diferente de tudo! É um parar e acelerar de coração, mãos geladas, embrulho na barriga e uma vontade tamanha de que aquele momento nunca acabe.
E agora, eu tenho ainda mais certeza... é você e não importa mais nada, nem ninguém.
Se for preciso eu busco a lua pra poder ter o seu olhar em mim de novo, rodo o mundo atrás da mais rara flor, atravesso o atlântico atrás das riquezas do fundo do mar, te faço mil poesias e mil versos... te conquisto todo dia, mas ficaremos juntos de novo.
Você sabe... não dá pra fugir do que nos pertence, e eu pertenço a você do mesmo jeito que você está em mim aqui.
E te peço, meu pequeno ser mais lindo do mundo, perdoe-me a fraqueza.
Preciso de você na minha vida, sabe como é não ter mais porquê?! É assim que fico quando estou longe de você... Preciso respirar seu ar para ficar bem.
E depois, quando vim pra cá, me peguei pensando naquela casa, nós dois, eu deitada no seu colo, nós dois falando de algum assunto bobo, parados e aprofundados no olhar e no sorriso um do outro, um labrador deitado no tapete e a lua iluminando nós dois.
Assim que tem que ser. Assim que será.


4 comentários:

Cacheada disse...

Assim que será!
nossa sem modestia ein?!
Fez essa história o mais linda o possivel!
Mas é assim quando se ama parece o para sempre e quando termina parecer para sempre que nunca nada existiu.
É uma maneira de nos recuperarmos e dps darmos risada de nós mesmas sobre o quanto tudo aquilo foi bobo!


-Caraaaaaaaa, você é de Salvador..
Finalmente encontrei alguma soteropolitana por aqui..
agora posso dizeer que o blogspot é pequenoo ein?!
;)

Erica Ferro disse...

É aquela coisa: o que tem que ser, será.

E a paixão é bonita de se ver.

Daninha disse...

Que lindoo *-*
A gente lê esse tipo de texto e depois fica sonhando... oapskas'
Beijos

Emi disse...

Ai, meu Deus, que lindo, conterrânea!
Adoro tanto o que você escreve! *-*
Ps: olha, já te add no msn, viu? Só que não sei de que forma, surgiram dois endereços, então excluí um que já apareceu bloqueado no meu. Oo (?) Me diz se tá tudo okay lá e se conseguiu me add.
Beijooos!;*