31 de dezembro de 2009

Chegou a minha vez

Era o último dia do ano, finalmente ele tinha chegado! Me disseram que no fim do ano a esperança de dias melhores se torna mais forte, e como eu queria isso!
Não que meu ano tenha sido um completo caos, mas não foi o dos melhores.
Lá estava eu na varanda olhando a rua vazia, os poucos que passavam traziam nos olhos um brilho e na mente a sua listinha de fim de ano. Sempre achei melhor fazer a lista no primeiro dia do ano e não no último.
Não é estranha essa sensação de e o fim e o início tão próximos?
Na sala minha família toda de branco, com os copos cheios, fazendo a contagem regressiva para chegada do ano novo: 5, 4, 3, 2... 1! No céu cores mais diversas estouravam, todos se abraçavam! O ano novo chegou trazendo a todos aquela dita esperança necessária para a luta diária.
Seria tão mais bonito ver essa harmonia o ano todo, seria tão mais proveitoso ter essa mesma fé de dias melhores todos os dias! O mundo seria tão mais interessante se nos comprometêssemos todos os dias a sermos pessoas melhores!
O que eu mais queria naquele exato momento era que fôssemos bons de verdade, e não só no fim do ano.
No meu coração eu fiz também os meus pedidos, mas eram pedidos que dependiam de mim e só, pedi com força para que eu mesma não me esquecesse disso.
- Wendy, vem aqui, deixa eu te dar meu abraço.
Meu pai me tirou dos meus pensamentos profundos e me trouxe de novo perto do chão.
O ano chegou e está na hora de ir atrás do que sempre quis.
Chegou a minha vez!

25 de dezembro de 2009

Ê samba


Ê samba
uma roda de amigos
nos rostos sorrisos
nas mãos a canção
e na boca alma de emoção
Ê samba
malandragem com chapéu
nas pontas dos pés nada fica ao léu
Morenos, mulatos, cariocas, baianos que entram e saem da roda
Ê samba
Não se deixe acabar
vem para nós se entoar
e a alegria realçar

ps: demorei pra postar mas tô de volta. Tô no Rio... que cidade linda!
Esse post é um texto que fiz em homenagem ao samba carioca, depois que fui numa roda de samba de verdade.
Valeu pelos comentários, assim que der respondo a todos.
Ótimo fim de ano para todos, e até mais! ;)

19 de dezembro de 2009

Cena de filme


Era mais uma noite daquelas onde eu tinha meu sono super-ultra-mega-power pesado, só que algo estranho aconteceu: meus olhos estavam se abrindo e quando olhei para o meu rádio-relógio eram ainda 03:15h.

Olhei em volta e essa noite eu estava sozinha, não tive meu amor para dormir abraçadinha, para poder ficar confortada naquele abraço gostoso sentindo aquele cheiro bom. Hoje não. Era querer demais passar uma semana inteirinha com ele.

Senti saudade, como aquele cara me fazia bem! Como era mágico poder olhar direto naqueles olhos sem conseguir desviar, vendo aquele sorriso que me convidada sempre para um beijo. E ele insistia em fazer aqueeeela cara que eu não resistia. Insistia em falar manhoso, ele sabia que eu não conseguia.

“Meu deus”! Eu sempre falava quando olhava para ele, tadinho de Deus, não agüentava mais ouvir a minha voz.

Eu lá toda boba, toda me entregando e ele ria de mim, dizia que eu era uma menina-mulher, e soltava aquelas frases cheias de segundas intenções só para ver a minha reação, eu sempre ficava sem jeito e morrendo de vontade dele.

“É impossível resistir” – Disse pra mim mesmo com um sorriso idiota (sabe como são as pessoas apaixonadas não é?).

Ele é lindo! Mas lindo mesmo! E parece que a cada dia que passa, ele me encanta mais, sempre me mostrando algo novo que me deixa mais impressionada, mais cheia de vontade de ficar com ele.

Fui até a janela e fiquei olhando para as estrelas, ele sempre gostou de olhar para o céu. Olhei a rua vazia ao longe, vi um carro passando, e como eu queria que fosse o dele. Olhei para o nada e sorri de novo.

A saudade tava muito grande naquele dia, eu acho que aquele rapaz já tinha se tornado meu vício e se eu pudesse, ah se eu pudesse! Estaria com ele a cada momento.

Eu não queria me apaixonar, na verdade eu nunca esperei isso. Mas ele veio do nada, e fez do meu dia nublado um belo dia de verão e depois que vi aquele sorriso tanta coisa mudou!

Fechei os olhos e pedi tanto a Deus que me tele-transportasse para perto dele naquele momento. Eu estava manhosa demais, e tudo que eu queria naquela noite era aquele rapaz malvado. Por que malvado? Ah, ele sabe... Ele bem sabe! Mas como eu gostava daquela “malvadeza”.

Fui até a cozinha beber um copo de água com o intuito de tentar voltar ao meu sono, me contentando em vê-lo só no outro dia.

Quando estava enchendo meu copo, escuto batidas na porta.

“Meu Deus, mas a essa hora?”

Eu tive muito medo, claro... Que louco bateria na minha porta a essa hora?

Fiquei pensando duas vezes em abrir a porta, por medo e por estar apenas com a camisa “dele” (eu queria que o cheiro dele fosse o meu também).

Quando abri a porta meu coração disparou, lá estava o meu amado, com aquele sorriso no rosto, e aqueles olhos negros fixos nos meus a ponto de me deixar vermelha-rosa:

- Você é louco?!

Ele riu, mas não tirou os olhos dos meus.

Acho que o tempo parou e nós dois não conseguíamos desviar o nosso olhar, o sorriso tomava conta do meu rosto e ele me perguntou com aquela cara e aquela voz manhosa que me deixavam louca:

-Posso te dar um beijo?

Ele não me esperou responder (até parece que eu diria um não), entrou, fechou a porta e eu senti o mel daqueles lábios de novo.

Foi uma das nossas noites mágicas onde uma estrela brilhara mais do que as outras.

Pode ser engraçado ouvir isso de alguém no meu estado, mas sabe que a nossa história parece mesmo cena de filme?



ps: Último post meu em Salvador... segunda já estou indo para o Rio, espero postar de lá também, mas se não postar vocês já saberão o motivo da minha ausência.
Queria muito agradecer os comentários, eu amoo ler todos eles, e o carinho de blogueiros especiais!
Valeu mesmo, mesmo mesmo!

Tava querendo convidar alguns para fazer uma postagem aqui... se alguém se interessar me mandem email com algum texto ta? jessica_cstc@yahoo.com.br.

Me sigam no twitter!! @jessicatrabuco

ps2: eu gostei muito desse texto que me saiu.. *--* Não sei porquê, mas saiu.. rs

17 de dezembro de 2009

Cansei de tanta passividade!


Hoje meu post é meio revoltado meio não, COMPLETAMENTE .
Sabe o que é? Cansei!
Cansei de pessoas que só se importam temporariamente com as coisas que passam na tv e depois esquecem, como se a vida fosse linda e bela.

Ultimamente mesmo, está passando um caso horrível na Tv que aconteceu aqui na Bahia, de um menino que está com muitas não sei a quantidade certa agulhas no seu corpo, e o padrasto dessa criança de 2 anos confessou ter enfiado as agulhas no menino, numa espécie de ritual de magia negra. ¬¬
Essas coisas me deixam indignada! Como é que um ser humano tem coragem de fazer tamanha crueldade? Por que mesmo nós somos chamados de seres racionais? Porque atos assim me mostram completamente o contrário.
E o pior é que nós, que não passamos por essas situações, reclamamos, falamos e no fim nada fazemos! Somos passivos na sociedade, é isso que significa ser cidadão?
Se formos passivos sempre, NADA vai mudar, e nossos filhos e netos continuarão vivendo nesse ciclo onde as coisas acontecem, reclamamos e não fazemos nada!
Aí elas se repetem e repetem...
Depois tudo fica no esquecimento... assim como o caso de Isabella, ou de Eloá ou daquele menino que foi arrastado no carro.
Tá na hora de lutarmos por uma sociedade mais justa... uma sociedade!

O ser humano foi feito à imagem de Deus, fomos dotados das mais lindas qualidades, não podemos deixar que a imundicie desse mundo retalhe o propósito inicial da vida.

Tá na hora de mudar, por que eu não aguento mais isso!

13 de dezembro de 2009

O ser sonhador


Conheci um ser que só queria ser feliz, desde pequeno... era nisso que ele pensava todas as noites.
E cresceu cercado de amor e carinho, mas mesmo assim sentia um vazio.
Aprendeu a ser maduro antes do tempo, devido à coisas que na vida não dá para evitar.
Uma palavra para definí-lo? Sonhador.
E ser sonhador o fez encantado, o fez leal, o fez cheio de cores e cheiros, o fez sensível, o fez lutar, fez ele fazer a sua parte.
Mas sabe quando tudo parece estar saindo das suas mãos?
Quando você insiti em lutar, não quer acreditar, mas a vida simplesmente te nega e não há nada a fazer senão esperar e deixar que o tempo te ajude?
Pois é, foi isso que aconteceu com o nosso caro sonhador. Talvez estivesse iludido pelo seu próprio sentimento, talvez cansado de lutar, talvez sozinho, ou talvez não.
Na verdade ele parecia estar cansado mesmo, mas não queria admitir, cansado de sempre esperar pela felicidade, queria ser feliz agora, que mal há?
Mas acredite que esse serzinho ainda não sabia ao certo em quê buscar. Queria cantar, correr, voar!
"No fim a gente começa a pensar no começo". E por vezes o caro sonhador se perguntou se era o que ele queria, se a vida tinha tomado o rumo que ele desejara.
Se decepcionou, talvez tivesse errado em algumas coisas. Mas também, quem não erra? Quem nunca teve medo? 'Não minimiza a força que se tem'.
O ser agora, pegou sua mochila e estar indo para longe, não pra sempre, e nem mesmo por um mês, só por um tempo onde possa pensar sozinho e se preparar para a vida que ele nunca teve.
Se preparar para ser feliz no agora, sem ter mais no que esperar.
Ser ele, sentir cada gosto, viver cada segundo, sem ter porquê se preocupar.
E quando eu saia de mansinho pela rua o ouvir dizer:
- Só quero viver, ser feliz... que mal há?

pS: Não consegui conter, esse conto me veio e me obrigou a escrevê-lo sem eu ao menos ter direito de defesa. Talvez ele estivesse precisando mesmo sair de mim, ser "vomitado", ser livre...
Faltam 08 dias para eu entrar no avião e ir em direção ao Rio de Janeiro *--* Tô muito feliz, vou ficar mais tempo com a família, mas tempo comigo mesma, e isso é tudo que eu preciso agora.
Saudade já de muitas coisas, mas as vezes é bom ficar um tempo longe, e quando eu voltar tudo vai se acertar!
Aqui tá o link o vídeo ta desconfigurando meu blog aí só postando o link mesmo =/ para o novo clipe do Nx Zero não é ser emo isso tá?, eu vi por acaso e me apaixonei pela canção. A letra tá falando muito por mim agora, tenho certeza que vocês vão gostar!


Espero a minha vez - Nx Zero

Se o medo e a cobrança, tiram minha esperança,
tento me lembrar, de tudo que vivi,
e o que tem por dentro, ninguém pode roubar.

Descanso agora, pois os dias ruins,
todo mundo tem,
já jurei pra mim, não desanimar.
E não ter mais pressa,
pois sei que o mundo vai girar,
o mundo vai girar,
eu espero a minha vez.

O suor e o cansaço fazem parte dos meus passos,
o que nunca esqueci é de onde vim,
e o que tem por dentro, ninguém pode roubar.

Descanso agora, pois os dias ruins, todo mundo tem,
já jurei pra mim, não desanimar.
E não ter mais pressa, pois que o mundo vai girar,
o mundo vai girar, e eu espero a minha vez.

E eu não tô aqui pra dizer o que é certo e errado,
ninguém tá aqui pra viver em vão.
Então é bom valer a pena, então é pra valer a pena,
ou
melhor não.

Os dias ruins, todo mundo tem,
já jurei pra mim, não desanimar
E não ter mais pressa, pois sei que o mundo vai
girar,
o mundo vai girar, e eu espero a minha vez.

11 de dezembro de 2009

Fim do ano a gente começa a pensar...


Sei que normalmente as pessoas escrevem sobre isso no fim de um ano: MUDANÇAS!
Mas eu REALMENTE precisava escrever sobre isso.

Porque não é só um ano que acaba, é o ano do meu 3º ano, ano do vestibular, é o ano antes dos 18, é o ano de planos e sonhos.
Sempre, desde pequenina, eu sonhava em estar nesse ano.
Sempre achei que ele era um último passo para a tão dita liberdade.

E tanta coisa aconteceu... Boas e ruins, que me fizeram perceber o quanto a vida voa, o quanto é preciso fazer o que vale a pena de verdade logo - antes que seja tarde, o quanto é preciso aprender, o quanto a gente cai e precisa levantar!

Olho para o horizonte e vejo um futuro que sonhei tão perto e real. Ele está aqui, é o que vivo, e isso por mais ‘gostoso’ que seja, dá medo! Medo de não ser como planejei, medo de ser difícil, medo de lutar até. Dá pra acreditar? Medo de lutar antes mesmo de saber de verdade qual é a luta?!

De todo esse futuro incerto eu tenho certeza de uma coisa: quero ser feliz! Talvez a felicidade não seja aquela que eu ache de primeira, talvez a felicidade ainda apareça... Ou talvez não, talvez esteja aqui e eu só preciso reconquistá-la.
Humildade, respeito, felicidade, sonhos, honestidade, AMOR, liberdade, minha música, meu mundo encantado, meus versos tortos... O que tenho comigo e pra sempre vou levar.
Que venha o futuro, estarei preparada quando ele chegar! Viver cada dia sem medo, deixar os momentos bons durarem para sempre e aprender com os erros.
Que as mudanças me façam crescer e amadurecer.

De tudo, só me resta agradecer, porque eu tenho todo dia um sol batendo na minha janela, e tenho o ar que me faz respirar, tenho as cores do mundo, tenho as canções que me fazem viva. Mudanças vem e vão, mas essas coisas FICAM.

7 de dezembro de 2009

ENEM 2009


Nesse fim de semana passado (5 e 6 de dezembro), ocorreu no país o Exame Nacional do Ensino Médio ou ENEM.
Depois de ter a primeira prova vazada em outubro desse mesmo ano, muitos disseram que o Enem deixou a desejar.
Esse ano, o Enem teve um percentual recorde de abstenção: 40% ( de 4,1 milhões de incritos apenas 2,5 milhões participaram U.u). Além desse recorde negativo, houveram problemas com o gabarito.
Às 20h do domingo, saiu no site do inep o gabarito oficial dos dois dias de provas, mas logo que abri os gabaritos percebi que tinha alguma coisa errada. Meus cadernos de provas foram, nos dois dias, da cor rosa e olha que não sou patty --'. E quando conferi algumas questões com uma amiga de cadernos de outras cores, levei um susto! Questões que no meu gabarito estavam erradas e eu estranhei, porque eu tinha certeza que estavam certas! no da minha amiga estavam corretas. Como pode?! Houve uma grande confusão!
Hoje, segunda-feira, às 10h, eles colocaram o gabarito oficial corrigido. Ufa neh?
Ao meu ver essas confusões todas ocorreram por conta da expectativa do novo Enem, já que esse ano foram 2 dias de provas, 180 questões e mais redação. Claro que eles poderiam ter sido mais organizados, mas eu os perdôo quem sou eu?.
A prova não é difícil, o grande problema é que é muito cansativa. Vem cheia de textos enormes, que muitas vezes nem ajudam com relação às questões aí eu me pergunto PRA QUÊ?! ¬¬'. E no segundo dia bate desespero com relação ao tempo, já que foram 5:30h de prova para fazer 90 questões (português e matemática) e mais a redação.
Acho que ano que vem as coisas serão mais tranquilas, já que o novo enem não será tão novo.. rs

Confira aqui o gabarito oficial corrigido.

3 de dezembro de 2009

Ah a minha independência!


Todo mundo achava que aquela seria só mais uma manhã de domingo. Aquela mesma onde a família decide acordar mais tarde para descansar daquele trabalho todo da semana.
Mas para mim não. Aquela manhã tinha o cheiro de liberdade que eu tanto desejava, parecia que o céu estava mais azul, e nem o calor infernal dos domingos eu estava sentindo.

Já tinha planejado aquele dia meses antes, e nem acreditava que ele tinha chegado.
-É hoje! Sorri realizada.

Meu quarto já estava vazio, só a escrivania ainda continuava lá, já que agora ele seria um escritório para meus pais.
Arrumei minhas últimas coisas que cabiam na minha mochila, coloquei minha música favorita no mp4 e disse um adeus tão baixo que nem eu mesma tinha escutado.

Meus pais não estavam lá nesse fim de semana, e era melhor assim. Eles nunca tinham aceitado essa minha escolha, só eu sabia o quanto isso era importante pra mim.

Lá fui eu, como sempre quis, levando a mochila nas costas e muitos sonhos.

Aquela caminhada da minha antiga casa à nova foi incrível! Meu corpo parecia mais leve e meu rosto refletia uma alegria que estava difícil de conter. Logo eu estava na frente da porta da MINHA casa. Parei um pouco e respirei fundo. Minhas mãos estavam trêmulas e as chaves faziam aqueles barulhinhos que naquele momento eram como música aos meus ouvidos. Virei a maçaneta e lá estava eu, na MINHA casa.
Meu sonho estava alí, eu não precisava mais esperar a noite chegar e fechar os olhos para viver aquele momento, o sonho tinha se tornado real!
Só que aos poucos a frase que minha mãe tinha me dito logo que falei da mudança, não saia da minha cabeça. "A independência não vem sozinha, vem acompanhada de grandes responsabilidades". E não é que ela estava certa? Afinal, as mães sempre acertam. E junto com todo aquele sonho eu aprendi a tocar os pés no chão, e me vi rodeada de contas, me vi tendo que me virar com a comida (eu nunca fui boa na cozinha), com a limpeza, tendo que economizar meu dinheiro... Confesso que no começo eu tomei um susto e chorei muito. A gente quando sonha nunca pensa nas dificuldades não é? Está aí o erro.
Mas hoje, aqui, na minha casa, eu sou a mais feliz!
Consegui controlar meu dinheiro melhor, sou uma grande chefe na minha cozinha e por incrível que pareça: minha casa só vive limpa e cheirosa (é minha mãe também não acreditou).
A gente só aprende a viver quando anda com as próprias pernas, e ter independência, liberdade, é o mesmo que aprender a viver nesse mundo louco.
Não é fácil, mas é gostoso e vale muito a pena.
Quer saber? Não troco essa minha independência por nada nesse mundo.

Pauta para o blorkutando.

--------------------------------------------------------------------------------------------------

Eu preciso dizer que AMEI escrever esse post para o blorkutando, é um assunto que gosto tanto de falar, é algo que almejo tanto! *---*
Gentee.. mais uma vez OBRIGADA pelos comentários.
Só avisando, amanhã é minha última prova, mas eu vou pra recu de matemática, esse fim de semana é ENEM e dia 21/12 eu tô indo para o Rio de Janeiro *---*

Talvez fique um pouco em falta aqui... mas prometo que vou me esforçar muito para responder os comentarios e não deixar de postar.

Ah... me sigam no twitter: @jessicatrabuco eu fazendo propaganda U.u

1 de dezembro de 2009

Olhar


O olho que diz o que com palavras não sei dizer.
É ele que mostra meu medo, mesmo quando não quero ter.
O que mostra minha esperança quando os dias não param de doer.
Mistério escondido dentro do meu ser.
Alegria que criança nunca deixará de ter.
Mostra claramente o que eu tento esconder.
Ser como um olho ou olhar, talvez mostre que tenho medo de confiar.
Porque nem sempre o que ele vê está certo,
por isso nem sempre o olho é esperto.

Poeminha tentativa pelo menos que fiz no ano passado em um trabalho de português, onde a professora pedia para procurarmos em uma revista algo que nos caracterizasse e ainda deveriamos escrever um texto sobre isso. Tá aí o que eu fiz. ^^
Amo olhar nos olhos das pessoas... os olhos são como portas abertas para a alma. Eles sempre dizem a verdade por mais que tentemos escondê-la.
A foto está meio embassada, mas esse olho aíi eu o meu *--*
ps: semana de provas, vida corrida, recu sempre tem uma primeira vez neh? ¬¬' então vou ficar um pouco em falta aqui, mas eu volto e respondo TODOS os comentários viu? Amoo todos eles, leio com muito carinho, OBRIGADA a todos que lêem esse humilde blog.


(:

26 de novembro de 2009

Te dou uma estrela


Eu estava passando pela praia à noite...
Eu não estava bem, precisava pisar na areia e ouvir aquele barulho das ondas.
Foi aí que ao longe eu vi uma garotinha. Ela estava deitada na areia olhando para o céu com um sorriso lindo.
Cheguei mais perto e sentei ao seu lado, ela continuou olhando para o céu com um sorriso, e eu não quis atrapalhá-la.
Ela me passava uma energia tão boa, uma felicidade e uma serenidade que eu nunca tinha
sentido antes.
- Como eu queria uma. - Ela falou de repente.
Eu olhei para ela e quis saber do que falava.
- Uma o quê?
- Uma estrela. Ela tinha suspirado, parecia que o céu dava a ela algo que ninguém mais podia.
Olhei para o céu e vi como estava lindo. Deitei ao lado da garotinha e fiquei um minuto pensando.
- Se você quiser eu roubo uma para você. - Eu disse.
Ela riu.
- Eu tô falando serio. Você duvida é?
- Não sei.
Ela duvidava sim. Ri sozinha.
- Eu vou te dar uma sim, PROMETO.
Ela parou de olhar para o céu e olhou nos meus olhos e como seus olhos brilhavam!
Continuei:
- Quando eu te der ela, você tem que guardar em um lugar só seu, e toda noite ela vai brilhar só para você. E ela vai guiar os seus caminhos e te proteger de todo o mal. Toda vez que olhar para ela lembre-se de mim, porque ela é como um lembrete meu para você, lembrete que diz que você é uma garotinha especial e que eu sempre estarei olhando por você.
A garotinha me agradeceu e me pediu para eu nunca me afastar dela.
Como me afastaria de um uma mocinha tão especial?
Continuamos as duas deitadas olhando aquele céu lindo, e mais tarde eu lhe dei uma estrela.
Você acredita?

22 de novembro de 2009

Chuva minha


Voltava para casa, era mais um dia que terminava
E parecia tudo tão igual, tão normal

Foi daí que aos poucos senti as gotas de chuva

Todo mundo correu... e eu estava lá, parada, estaziada.

Abri o sorriso e olhei para o céu agradecendo

Aquela chuva veio para tocar dentro de mim, mostrar que eu ainda era pura
Estava tão feliz que parecia chuva de chocolate!
Fui andando para casa querendo sentir cada gota
A rua que estava, parecia ser só minha
Não tinha mais ninguém, só o barulho de água e o cheiro da terra molhada

Por alguns minutos senti que o mundo era só meu!
Quis correr, pular em cada poça, rodopiar de mãos abertas e gritar para os céus que eu era uma garotinha feliz

E feliz por ser exatamente o que sou, tendo a vida que tenho... sem precisar tirar os pés do chão

Oh chuva! Obrigado por hoje ter sido só minha!


(02/05/09 - 19:33h)



Demorei um pouco mais para postar essa semana, porque as coisas foram corridas.. projetos e mais projetos, aí já viu né?
Mais uma vez MUITO OBRIGADA pelos comentários, amoo ler cada um e responderei a todos viu?
Um ótimo restinho de domingo para todos e um bom começo de semana amanhã!
(:

17 de novembro de 2009

500 dias com ele


Mais uma vez lá estava eu, sentada naquele mesmo banco, daquela mesma praça que dava de frente para uma das coisas que mais admiro na vida: o mar.
É incrível imaginar que da última vez que estive aqui, não estava sozinha.
Ele estava comigo, e éramos só risos e olhos brilhando. Pelo menos os MEUS olhos brilhavam.
Parecia que estava tudo tão bem, tudo nas "nuvens".

Tirando o fato de que mesmo estando 500 dias juntos ele não gostava de nos definir como nada. Mesmo me dizendo aquelas palavras melosas, mesmo me mandando rosas, a gente não estava namorando, dá pra acreditar?

Eu que sempre quis estar com alguém como ele. Que me entendesse e me fizesse rir, que gostasse de Beatles assim como eu! Eu que sempre fui do tipo de menina que desde novinha sonhava com o amor, e sempre achei lindo namorar, nunca gostei dessas coisas sem sentimento, me submeti a não ter "um rótulo" por ele.

Eu o amava. Na verdade eu ainda o amo, não dá pra mudar isso, não agora.

Enquanto eu pensava comigo mesma uma garota caminhava ouvindo música pela praia. Tanto tempo que eu não ouvia mais música, meus cds me lembravam dele.
- Ahh! - Eu dei mesmo um grito.
Dava pra acreditar que um dia ele virou pra mim e disse que não dava mais?! E eu nem fiz nada! Ele simplesmente falou isso virou e saiu. E como EU fico? E todo o sentimento que tem aqui? Jogo no lixo? Se eu pudesse com certeza faria, mas não dá. Foram 500 dias, não 500 segundos.
E eu acreditando que tudo é o destino, não sabia mais o que fazer. Achei que o meu destino era ficar com ele.

Abaixei a cabeça e olhei mais uma vez para o mar, ele sempre me confortava.

Peguei meu caderno de desenhos e comecei a desenhar aquele paraíso.

Quando meu desenho estava quase pronto alguém por trás de mim me parabenizou:
- Nossa! Você é uma artista mesmo hein? Sabia que você fazia alguma coisa bonita nesse seu caderno.
Olhei para trás e vi quem falava: era um cara que tinha um sorriso lindo.

- Ah obrigada!

- Léo e você?

- Gaaaby.

- Sabe, eu ficava tentando adivinhar seu nome.

- Como?

- Eu sempre venho aqui e te vejo aí, sempre fiquei pensando se o seu nome era tão bonito quanto você.

Não preciso nem dizer que fiquei vermelha... quem não ficaria?

- Nunca te vi aqui. Falei sem jeito.
- Na verdade você nunca deve ter prestado atenção.
- Seu
sorriso era estupidamente lindo.
Como eu me senti uma idiota naquele momento, como que eu nunca tinha visto aquele sorriso antes?

- Eu devia estar louca.

Ele riu, e eu estava no céu.

Conversamos por horas e ele me chamou para sair no sábado a noite.

Aqui estou eu agora me arrumando para ir com aquele menino pela cidade, ver a lua cheia e as estrelas, rir como naquele dia.
Sabe o que eu percebi?
O destino é a gente que faz, não podemos desperdiçar as oportunidades.

Ser feliz é o que vale a pena.



ps: textinho inspirado no filme que assisti ontem a noite, 500 days of summer (na tradução daqui ficou 500 dias com ela). Comédia romântica NADA romântica.

15 de novembro de 2009

Nada é mais importante


Mais uma vez aquela menina estava lá
Era incrível como o mar e o vento a conseguiam acalmar.
Queria saber o que realmente sentia, paz ou fantasia?
A cor dos seus olhos foram confundidos com aquele óculos escuro.
Por quê usar óculos escuros se seus olhos eram cores de veludo?
Ela chorou, senti sua lágrima.
Mas não quis dizer a ninguém, estava sozinha… só!
Do nada, algo chamou a sua atenção
Era um menino, um pequeno menino
Estava com sua mãe, rindo… divertido!
Ela sorriu também, se lembrou de como é magnífico o poder das mães
Da alegria que elas nos fazem sentir.
Enchugou suas lágrimas e eu ainda a pude ouvir falar baixinho:

“Não… nada é mais importante que isso”

Falara de quê?
Da mãe!


Texto antigão meu, mas que ainda fala muito por mim. Todos falamos sempre que o amor de mãe é o maior, que mãe é sempre a melhor amiga, mas por vezes nos esquecemos de colocar isso em prática no nosso dia-a-dia. E hoje, mas do que antes, consigo entender a grandeza do que é ser mãe eu ainda não tenho filho, tá?, mãe é aquela que está SEMPRE do nosso lado, não importa o que aconteceu, é ela que SEMPRE VAI QUERER O NOSSO BEM.
Dedico esse texto a minha mãe e a todas as mães do mundo. A elas e principalmente a MINHA mãe eu deixo o meu: MUITO OBRIGADA!


Ah.. obrigada pelos comentários! *--* Leio e respondo todos me esforço pra isso.
Me sigam no twitter @jessicatrabuco *propaganda* U.U

14 de novembro de 2009

Dias melhores virão ☺


Depois da tempestade sempre haverá um arco-íris - já dizia o poeta (?). Acho que esse cara era na verdade um homem otimista.
Mas quer saber? É a verdade. Coisas ruins não duram para sempre, essas coisas passam e por mais que achemos que não nos serviram para nada além de nos tirar todas as lágrimas, essas coisas nos dão várias lições e nos fazem crescer nesse mundo.
Sempre sorria mesmo que o mundo esteja triste. Por mais difícil que isso possa parecer, por mais bonitinha e colorida que essa frase pareça, ela é mais do que isso. Um sorriso tem um poder incalculável! Um sorriso por mais dolorido que seja para sair, acalma nossa alma, e nos alivia a dor.
Não adianta desespero quando as coisas estiverem ruins, temos de respirar, forçar um sorriso e pensar que tudo vai passar.
Fomos criados para sermos felizes, e se o nosso criador fez assim, quem é que pode mudar isso?
NINGUÉM!
Então... quando estiver passando por problemas, saia por aí, corra pela areia da praia, coma brigadeiro da panela, force um sorriso, ande na chuva, chore todas as suas lágrimas, e pense bem: tudo passa!
O bom da vida é ser feliz!

Olha lá o arco-írirs! ♥

11 de novembro de 2009

.: Fotografia :.


A fotografia não é só um hobby, é uma arte!
Sim, a arte da lembrança, podemos dizer. Tem coisa melhor que relembrar aquele momento mágico, onde éramos todos sorrisos? Ou até mesmo, aquele lindo pôr do sol?
Fotografia também é arte por ter um grande e importante fator que encontramos em todas as outras artes: a sensibilidade.
O fotógrafo tem que ter uma sensibilidade sem tamanho para poder mostrar às pessoas que verão aquela foto, exatamente o que ele sentiu ao fotografá-la. Cada sentimento, gosto, cor, e até música.
Hoje, graças à tecnologia, a fotografia é de fácil acesso. Quase todas as famílias possuem uma câmera fotográfica digital o que facilita tirar uma quantidade maior de fotos em mais tempo. E as vezes, é na "brincadeira" de tirar uma foto boa para pôr no perfil do orkut ou msn que as pessoas descobrem um gosto pela coisa e saem por aí fotografando.
O que digo com toda a certeza é que a fotografia faz bem! Bem pra mente e até para o corpo.
Talvez com a fotografia consigamos encarar a vida com mais simplicidade, encarar as coisas "pequenas" com a grandeza mais linda que existe.


Pauta para o Blorkutando
-------------------------------

9 de novembro de 2009

Que


Que os dias me mostrem o caminho que devo seguir
Que eu seja forte, nada vai me impedir
Que o sol brilhe cada manhã e venha iluminar a minha estrada e me ensine a andar
Que a música seja sempre a minha levada,
que eu sempre sinta cada nota,
que eu seja encantada!
Que eu encontre um palhaço que me faça sorrir
e nos meus sonhos persistir
Que o sorriso não me saia, mas que esteja presente comigo até de madrugada!
Que eu descubra a cor, o som e o gosto de tudo bom
Que a solidão nunca bata na minha porta,
e que os amigos sempre fiquem em volta.
Que eu encontre um amor de verdade, que me faça feliz
Que os meus olhos brilhem e o meu coração pule de alegria
Que eu seja o que sou, não só um expectador
Que eu faça feliz todos ao meu redor, e que a felicidade deles me preencha.
Que eu escreva e viva todas as minhas histórias
Que a lua e o mar continuem a me abençoar
Que tudo venha a se consertar
E eu com a mochila nas costas, continuo a andar

(Jéssica Trabuco)

Escrito antigo mas que vale por minhas palavras agora.

5 de novembro de 2009

Linda menina

Hoje conheci uma menina
tímida, mas me encantou

ingenua, atrapalhada
mais nas veias rock in rool

Os seus olhos
omitiam um sorriso, a calma
o verbo amor

E era você menina dos olhos
que mesmo sem dizer nada me conquistou

Menina, linda menina
menina meiga
menina amiga

menina, linda menina
feliz o dia
o dia que você entrou em minha vida


Felipe Brito - 2008

ps: poema de um amigo meu feito para mim. Muito obrigada Lipe! ♥

31 de outubro de 2009

Banda Hori ♥



Eu tinha que falar dessa banda aqui, agora mesmo.
Estou encantada, de verdade! ♥
A banda que foi formada em 2003, tem um único objetivo: passar, através de suas músicas, mensagens ligadas ao amor, à felicidade, à paz e à busca pelos sonhos. (Não é tudo? ♥)

“Não queremos nos prender em rótulos ou a modismo, queremos expressar sentimentos, diversão e paz para o nosso público”, diz Fiuk. *----*

É formada por cinco integrantes: Fiuk, vocal; Max Klein, guitarra; Xande, bateria; Fê Campos, baixo; e Renan, guitarra e teclado.

O vocalista, Fiuk, é o filho de Fábio Jr, e vamos combinar né? É a cara do pai! Além disso tem uma voz linda, um timbre muito parecido com o de Fábio. "Filho de peixe peixinho é", não é mesmo? O Fiuk mostra isso ainda por mais uma coisa. Ele será o protagonista da nova temporada de malhação. *--* Ôo beleza.. \o/
A banda ainda está com uma campanha super bacana: a maior carta virtual do mundo, confira
aqui!
Visitem o
site, o myspace e confiram essa banda, vale muito a pena.

Aqui embaixo vai o videoclipe da música segredos. Tá lindo o vídeo!
*----*






ps: apaixonei pelo Fiuk ♥

Lá se foi o gênio dos tambores

Hoje, no início da tarde morreu um grande personagem da música no Brasil.
Antonio Luís de Souza, ou Neguinho do samba foi o inventor do samba-reggae, o ritmo que conquistou o mundo com a batida forte e contagiante dos tambores.Além disso ele era o fundador da escola de percussão do Olodum e do bloco Didá.
Vai-se embora um gênio da música, nos deixando uma marca que nunca será esquecida ou apagada.Toda vez que alguém andar pelas ruas do Pelô e ouvir a batida dos tambores lembrará de Neguinho do Samba.
A este só nos resta agradecer.



Aqui embaixo vai o clipe de Michael Jackson (música They don't care about us/ Eles não ligam pra gente) gravado no Rio de Janeiro e aqui no Pelourinho (Salvador - Ba).O "rei do pop" também se rendeu ao ritmo maravilhoso criado por Neguinho.


26 de outubro de 2009

Estarei aqui


Sempre haverá quem te cuide.
Eu cuidarei.
Serei o palhaço que te faz rir,
o anjo que cura tuas feridas,
o amigo para ser companheiro.
E se eu te olhar como um alguém apaixonado,
perdoe-me, mas há coisas que não se controlam.
E se quando eu te abraçar, você sentir que demoro a te soltar,
é porque ainda é difícil não te ter sempre em meus braços.
E se eu ainda ousar tocar em suas mãos,
é porque como você bem sabe, eu não sei controlar as minhas,
elas tem vida própria!
Nunca te abandonarei, estarei do seu lado para todo sempre.
Serei aquele mesmo ser atrapalhado que de qualquer jeito engraçado,
falando bobeira, ou me embolando nas palavras,
estará a procura de um sorriso seu.
Deixa que o tempo cure a dor,
que traga respostas às nossas dúvidas.
O que tiver de ser será,
meu pequeno ser mais lindo do mundo.

24 de outubro de 2009

É...


Não me arrependo.

Mesmo agora ouvindo aquela frase chata que todo mundo gosta de dizer quando acha que os outros quebraram a cara: "Eu não disse?"

Não me arrependo de ter dado a minha vida (literalmente) para quem eu amo, mesmo que agora eu já não saiba se essa história um dia vai continuar. Mesmo que tudo tenha chegado àquela dolorida palavrinha: FIM.

É estranho quando se passa algum tempo analisando as coisas, pensando em como compor uma linda canção, ou um conto. Mais não só um conto. O conto, o mais bonito, o mais sincero.

É estranho se ver rodeada de vazio agora, sendo que há algumas horas atrás eu vivia a perfeição.

Mas eu não me arrependo. Porque dei o meu melhor.

Lutei pelo que me dava felicidade, lutei por alguém, lutei por um sentimento.

E eu nunca vou esquecer.


[A menina inalcansável se deixou apaixonar por um ser encantado, viveu dois meses de pura magia, lutou por aquele ser, sofreu mas se sentia feliz e completa, até o dia que o ser encantado teve que ir embora, encantar a quem realmente merecia. E é difícil para a menina que era inalcansável não ter mais aquele ser, porque ele foi embora e levou consigo o coração dela.]


Agora as palavras me faltam e não são suficientes.

É... nem eu entendo.

Talvez eu precise sair por aí, com a minha mochila nas costas e procurar algo que me traga de volta.

23 de outubro de 2009

Quase um pedido, um apelo.


Parei, escrevi – apaguei. Tentei de novo. Escrevi – apaguei. Só me sobraram estas palavras. Quase um pedido, um apelo.

Se eu fechar os olhos bem forte será que quando eu acordar vai estar tudo do jeito que sonhei?

Só quero que saiba meu pequeno que eu queria muito pegar toda essa dor e colocá-la em cima das minhas costas. Não queria que você sofresse. E de tempos em tempos pergunto se não estou sendo egoísta demais, se eu poderei mesmo te fazer feliz. Sabes de tudo que já fiz, e quero te dar a certeza de que pra te ver sorrir, qualquer coisa farei.
Não posso dizer outra coisa, eu quero estar com você, te quero comigo nessa minha vida, te quero comigo realizando os nossos sonhos.
O que sinto é diferente de tudo que já senti, e não me arrependo de nada que fiz e estou fazendo por esse sentimento.
Eu só quero ser feliz e quero o mesmo pra você.
Nunca vou te abandonar! É a minha resposta...
Sei que é difícil, mas se for isso mesmo que você quer, se valer a pena, saiba que não estará sozinho nessa luta, que eu sempre estarei do seu lado pra te dar meu colo, meu carinho, meu amor e tudo de mim que você precisar.
Eu te amo.

P.C

13 de outubro de 2009

Vai dar tudo certo ( :

[...]
- Se você tivesse um motivo tão grande quanto o meu faria a mesma coisa! Falei alto em meio ao meu choro.
- Você acha mesmo?! Faça-me o favor mocinha!
Eu estava chorando, ninguém conseguia entender o que tudo aquilo significava pra mim.
- Eu NUNCA vou aceitar isso, você está entendendo? NUNCA!
Engoli meu choro e falei calma:
- Não quero que aceite, só que respeite a minha decisão.
Acho que isso foi a gota d'água.
"Você já se decidiu? Isso é egoísmo, isso é traição".
Mas se você tivesse a felicidade na sua frente, você deixaria ela escapar?
Se você tivesse passado a vida toda procurando uma razão e agora estivesse com ela, você deixaria ela de lado?
Eu tenho o sorriso mais lindo comigo, os olhos mais profundos, os beijos mais doces, os abraços mais seguros, o cheiro mais gostoso.
Eu tenho o amor que todo mundo passa a vida toda procurando, e não importa o que aconteça eu não vou deixar ninguém acabar com isso.
Deitei na cama no outro dia, cabeça ainda doia do choro anterior. Olhei para o céu que estava tão cinza e chamei teu nome, será que meu ouviu?
Sei que esses dias sem você foram difíceis mas ao mesmo tempo foram essencias e me fizeram perceber que eu nunca conseguiria levar uma vida sem você.
Te senti comigo quando fui dormir, sentir o teu cheiro que eu adoro e até ouvi você falando no meu ouvido, baixinho, que me amava.
As vezes a gente precisa de alguma adrenalina para as coisas ficarem mais agitadas neh? Se não, não tem graça. ;)
Vai dar tudo certo!



♥.PC.♥

8 de outubro de 2009

E-mail de um palhaço apaixonado.

"Não... Eu não queria mesmo ter deixado você ir.
Eu sei que a gente se vê todo dia, mas é tão difícil ter um tempo SÓ pra nós dois!
E você sabe que eu adoro quando estou com você, quando eu posso olhar dentro dos teus olhos e dizer com aquele meu sorriso bobo que eu te amo.
E até mesmo quando você me abusa, chegando seu corpo para trás quando eu estou prestes a te dar um beijo! Ah menina, que maldade! Eu alí cheio de vontade de te beijar e você faz isso?
Ta ta.. você é minha menina sapeca, e eu adoro esse seu jeito!
Sabe daquela vez que a gente estava sentado de frente para a porta da cozinha da cantina, você estava do meu lado direito, e eu te falei que minha vida não teria mais sentindo sem você? Que mesmo que você olhasse nos meus olhos e dissesse que não queria mais ficar comigo eu iria todos os dias tentar te provar que eu posso te fazer a mais feliz? Que eu te reconquistaria?
Não estava mentindo!
Ah menina, é incrível como é só você sair de diante dos meus olhos que o meu coração já começa a apertar e um sentimento chamado saudade vem me atormentar.

Sabe quando você fica me pedindo alguma coisa com aquele seu "por favor amor" tão dengoso que só você sabe fazer? Eu seria capaz de roubar a lua, ou te trazer a mais linda e rara flor só para satisfazer a tua vontade.
E sabe quando as nossas mãos estão juntas? Eu fico abobado e ainda sinto aquele frio na barriga, dá pra acreditar?!
Eu sei meu anjo, eu sei que sou um bobo apaixonado, mas qual é a culpa que eu tenho?
Se é você que me deixa assim.. se foi você que me conquistou com esse jeitinho lindo?
A culpa é sua, saiba disso.
Minha pequena, quando eu te abraço o meu mundo pára, e eu queria nesse momento te proteger de tudo, te fazer segura, mostrar que pra sempre do seu lado eu vou estar. E quando eu te beijo... ah! Como é doce o teu beijo, como é bom te ter pertinho dos meus olhos, como é bom o gosto do amor mais sincero e puro que existe! Como é bom abrir os meus olhos, eu ainda meio que envolvido, e ver que é a menina mais linda do mundo que está diante de mim.
É... mais linda do mundo SIM! Nem adianta dizer o contrário. Porque eu vejo muito bem, e todos os dias da minha vida eu vou te dizer isso!
Minha menina mais linda do mundo ♥
E também nem vem dizer que é você que ama mais, já disse que eu sou mais velho e por isso EU amo mais, não discuta amor ¬¬' Não discuta mesmo, porque você sabe que se você começar a falar daquele jeitinho eu vou acabar dizendo que você ama mais, mas é só pra não te contrariar. rss..
Lembra aquele sonho do barco que eu tive e te falei? Da 'surpresa' na bolinha vermelha, e do meu pedido?
Se prepara, porque quando eu organizar minha vida, é aquilo alí que vou fazer viu? No dia perfeito, no hora certa, sem pressa... só você e eu, e os nossos padrinhos.
Saiba menina, que eu amo você... é maior do que o amor em si. E eu quero te mostrar o que sinto todos os dias. Quero te fazer a menina mais feliz do mundo, sei que posso.
Bom, eu vou parar de te alugar... sempre acabo escrevendo alguma coisa para você depois de 10 minutos que a gente se despede. Fazer o quê?
Sou só um palhaço apaixonado! ♥ "


ps: já devem ter percebido que eu amo escrever sobre palhaços neh? *-----*

6 de outubro de 2009

O curinga ♥

Sabe aqueles dias que você espera que alguma coisa aconteça com você?
Quando você está de saco cheio de tudo e só quer sair por aí e sentir o vento no rosto e torcer para que algo aconteça?
Pois é, lá estava eu, na direção contrária do meu castelo. Não acreditava mais nele, não acreditava mais no meu mundo.
Parecia que as coisas andavam bem erradas, e nem no amor mais eu acreditava.
Estava numa estrada diferente... andava sem ligar para onde aquilo ia dar. Só queria andar, andar...
Foi aí que parado no caminho encontrei um curinga.
É... Aqueles que ficam estampados em cartas de baralho.
Ele estava sentado debaixo de uma árvore, tinha um violão na mão e um chapéu chadrez na cabeça.
Parei para observá-lo.
De modo calmo e inesperado, ele olhou na minha direção e seus olhos pareciam atrair os meus, era o olhar mais profundo que podia existir.
Não consegui mais parar de olhar para aquele ser: era a coisa mais linda que eu já tinha visto!
- Você é linda sabia?
- O quê?! - Eu tinha escutado o que ele falou, mas não acreditei... fiquei vermelha na hora e procurei de alguma forma tirar meus olhos dele, impossível!
Ele sorriu, e como aquele sorriso era mágico!
Convidou-me a sentar ao seu lado, e eu fui sem nem conseguir pensar duas vezes.
Conversamos e ele me falou de sua vida. Enquanto falava eu observava atentamente cada gesto, cada riso, e eu garanto que eu já sabia todas as suas caras e bocas, e eu as amava.
Uma hora nos silenciamos e a sua mão alí ao meu lado me deixava atraída, eu sempre fui louca por mãos. Mas as daquele serzinho... ah! Eram tão suaves, tão bonitas! E meu coração estava batendo tão forte, que mal pude observá-las e lá estava eu segurando-as.
O curinga notou e olhou para as nossas mãos juntas e sorriu pra mim.
Eu sorria feito uma boba, minhas mãos suavam frio (tanto que duas ou três vezes enxuguei elas nas calças do curinga só para fazê-lo rir... ahh aquele sorriso!), meu coração batia tão forte, e a todo momento meus olhos grudavam nos dele.

Parecia que a eternidade era pouco para aquilo tudo.
- Você só não me disse o que estava fazendo andando por aí mocinha!
- Eu? Ah... estava querendo encontrar algo mágico.
Ele abaixou a cabeça, como se estivesse procurando palavras.
- E você? O que faz debaixo dessa árvore, no meio do nada? - Perguntei.
- Estava procurando alguém para andar comigo.
Nesse momento ele levantou seu rosto e me olhou diferente de todos os olhares que eu já tinha visto. Foi um olhar angélico, apaixonado e cheio de vontade, ele parecia estasiado. Assim como eu.
Aos poucos nossos lábios se aproximaram e era tão gostosa aquela sensação!
E quando estávamos a quase nada de distância... quando nossos olhos miravam nossas bocas, sorrimos!
Foi um beijo inesquecível!
- Quer andar comigo? - Ele me perguntou ainda perto dos meus lábios.
- É o que eu mais quero nessa vida. Beijei-o de novo.
Saímos dalí andando de mãos dadas em direção àquele mundo que eu já não acreditava.
Ganhei uma rosa, cantei com ele, tomamos chuva e até saimos correndo pelos campos de flores.
Hoje? Achamos o que queriamos. Ele continua comigo. E eu sou a menina mais feliz do mundo!
"Curingas tem o poder de mudar toda uma vida" - Lembrei do que me disseram.
E esse com certeza mudou a minha!


3 de outubro de 2009

A Trupe - Selos

"Não acredito que ninguém ligou para mim hoje
Nem para o telefone, nem para o oi, tim, vivo, claro.
Nenhuma batida na porta, nem mesmo daquela minha vizinha chata pedindo farinha.
Nenhum recado na tela do meu computador,
nenhum música de rádio dedicada pra mim."
Parecia mesmo que naquele dia eu era simplesmente o ninguém que resmunga sozinho pelos cantos.
Resmunga... resmunga e mais nada!
É... era a TPM de novo, bendita TPM!
Corri para a varanda, precisava ver alguém, coisas!
Era um daqueles fim-de-tarde amarelo-vermelho, com cheiro de cansaço e alívio pela volta para casa.
As crianças, com suas mochilas, correndo por aí; os rapazes tirando gravata e palitó; a menina voltando do cursinho ouvindo suas músicas favoritas no seu Ipod.
'Aí pode!' (Lembrei do trocadilho que alguém no trabalho tinha feito).
Aos poucos a noite veio me trazendo aquele frio sereno que nos leva para cama.
E logo quando eu já estava desistindo de aliviar aquela minha irritação pré-menstrual, um grupo de jovens me chamou a atenção.
Era, daquele tipo que os outros chamam de 'loucos'. Cabelos compridos, roupas coloridas e largas, estavam com caras pintadas, nariz de palhaço... Estavam tocando e cantando, fazendo malabarismo, andando com pernas de pau.
Era como no circo, e aquilo me encheu os olhos.
Moro no 1º andar de um prédio com 4, e eles estavam bem na minha frente.
Fiquei vidrada em cada passo, movimento e palavra.
Olhei para baixo e sorri sozinha para mim mesma, senti saudade da infância, e naquele momento parecia que a rua tinha cheiro de algodão doce e maçã do amor.
Logo um dos da perna de pau reparou que estava alí e começou com mímicas e palhaçadas.
Eu ri.
Ele estendeu o braço pedindo a minha mão e beijou-a, e em seguida apareceu com uma linda rosa.
- Para a menina com olhos de criança!
Foi mais do que eu esperava, não foi um alguém qualquer me procurando. Foi um moço de perna de pau que me mostrou a menina que eu nunca deixei de ser, foi um artista que tocou meu coração e me fez feliz pelo resto do dia.
Logo aquela trupe ia embora e eu fiquei a agradecer na varanda por me fazerem especial, por me tirarem daquele louco dia e me levarem à poesia.
Dormi feliz!


SELOS

Queria primeiro agradecer pelos selos que recebi, e pedir desculpa a algumas queridas pessoas pela demora de postá-los. Todos são muito especiais e sou muito grata!
Vamos aos selos!

J'Adore tien Blog



Regras:
-Colocar o selo no blog
-Indicar 10 blogs que a gente adore
-Informar as pessoas
-Dizer cinco coisas que a gente adore

5 Coisas que adoro?
Família, música, literatura, mar, lua, curinga ♥ !
ps: eram 5 (CINCO) e a inteligente aqui colocou 6 (SEIS) ¬¬', relevem! :B, créditos a Michy Lavigne que viu ^^

Recebi de duas queridas! Caroline farias e Juliana, obrigada!



Regras:

1. postar o selo;
2. dizer quem te indicou;
3. escrever três conflitos que te levariam ao divã;

Quem me indicou esse foi a !
(Rá / http://ensaiosraros.blogspot.com/)

3 Conflitos que me levariam ao divã... deixa eu pensar!
I : Por que é tão difícil para as pessoas respeitar a opinião dos outros.
II: Procurar um jeito de mostrar que a felicidade está nas pequenas coisas
III: Saber por que a gente precisa lavar a toalha se quando a gente se enxuga a gente acaba de tomar banho o.O (zuandoo.. kkk)

Literatura é arte



Regras: Dizer oito características suas.
1- Sonhadora
2- Honesta
3- Palhaça ^^
4- Menina
5- Besta
6- Amiga
7- Gulosa :P
8- Feliz

Recebi da Juliana também! *---*

MAstreblog



Responder:

Uma música – Você me faz tão bem - Detonautas
Um filme – Três vezes amor
Um acessório - Anel
Um livro – Eu sou o mensageiro - Markus Suzak



Faz parte das regras:
1. Postar o link do blog que nos presenteou com o selo.
2. Indicar 15 blogs a quem vai ser atribuído o selo e dizer PORQUÊ nos conquistaram!

Blog que me presentiou foi o da Caroline Farias



ps: Indico esses selos a todos os blogs que estão na minha listinha de leitura!
ps2: Aêee Brasil... 2016 Olimpíadas no Rio de Janeiro *---*²³²³

29 de setembro de 2009

...quer saber amiga? Eu tô muito feliz!


Madrugada e mais uma vez eu estava sentada em frente ao computador.
Só que dessa vez era diferente, eu não estava alí agindo como uma garota que perde seu precioso sono lendo babozeiras, estava trabalhando.
Aí você me pergunta: sim, e o que tem de tão especial nisso que você precisou escrever?
O que tem de especial? Olha pra mim!
Não consegue ver a resposta nos meus olhos cheios de brilho e nesse sorriso bobo que não sái do meu rosto?!
Cresci, acordei e estou correndo atrás.
Quero construir a minha vida, sei que não é fácil ou rápido, mas eu tô fazendo a minha parte, e faço isso, mesmo que com os olhos quase fechando, mas com o coração cheio de amor e boa vontade.
Sabe por quê?
Porque a coisa que mais quero no mundo é acordar todos os dias e me deparar com aquele sorriso, olhar no fundo daqueles olhos "verde-mar", poder sentir a sua respiração e mesmo assim agir como se eu estivesse sonhando. Porque não há mais nada no mundo que me faça tão feliz como aquele ser, porque é somente com ele e pra ele que quero viver.
"Porque não há mais nada que eu queira fazer (8)"
Eu sei, eu sei... pode me chamar de boba ou apaixonada, mas quer saber amiga? Eu tô muito feliz!
E que se dane as "tias", os "muleques" ou qualquer outro expectador! O que quero mesmo é estar perto daquele ser que chamo de amor.
É por isso que acordo todo dia, é por isso que tenho força pra lutar.
Tô escrevendo minha história, tijolo por tijolo, possuo a maior felicidade que há!
Quer saber... foi a melhor decisão que eu pude tomar! ;)

25 de setembro de 2009

Anjo - Saulo Fernandes

Música muito linda, composição de Saulo Fernandes da Banda Eva. Aí embaixo vai a letra da música e a continuação do poema, além do vídeo dele recitando o segundo poema e cantando essa linda canção.
Há também uma versão com Daniela Mercury que também está muito linda, vale a pena conferir!

Musica : Anjo

Acredita em anjo?
Pois é, sou o seu
Soube que anda triste
Que sente falta de alguém
Que não quer amar ninguém

Por isso estou aqui
Vim cuidar de você
Te proteger, te fazer sorrir
Te entender, te ouvir
E quando tiver cansada
Cantar pra você dormir

Te colocar sobre as minhas asas
Te apresentar as estrelas do meu céu
Passar em Saturno e roubar o seu mais lindo anel

Vou secar qualquer lágrima
Que ousar cair
Vou desviar todo mal do seu pensamento
Vou estar contigo a todo momento
Sem que você me veja
Vou fazer tudo que você deseja

Mas, de repente você me beija
O coração dispara
E a consciência sente dor
E eu descubro que além de anjo
Eu posso ser seu amor.


Poema Anjo 2

Hoje eu acordei mais cedo
E fiquei te olhando dormir
Imaginei algum suposto medo
Para que tão logo pudesse te cobrir

Tenho cuidado de você todo esse tempo
Você está sobre o meu abraço, minha proteção
Tenho visto você errar e crescer, amar e voar
Você sabe onde pousar

Ao acordar já terei partido
Ficarei de longe escondido
Mas sempre perto disserto
Como se fosse humano, vivo
Vivendo pra te cuidar, te proteger
Sem você me ver
E sem saber quem sou
Se sou Anjo ou se sou o seu amor


Poema Anjo 3

Afinal quem eu sou?
Seu anjo ou o seu amor?
Tenho asas?
Anjos aparecem invisíveis
Humanos também quando amam
Quero dizer que já não importa mais saber de onde eu venho se tudo que sou pra você é amor
E se ainda assim quiser voar te levo comigo
Te mostro as estrelas, outros alados, Deus , a vida celeste
E depois voltamos pra nossa casa, a pé nos amarmos, até morrermos
Para dizer que é seu o anel
Sou seu amor na terra e seu anjo no céu

Saulo Fernandes





22 de setembro de 2009

A ida ao circo

Resolvi postar aqui hoje uma parte do livro que estou escrevendo, essa parte foi uma das últimas que escrevi e sempre que a leio de novo sinto cheiro de doce! Espero que possam sentir o mesmo! Queria agradecer também aos comentários fofos que venho recebendo, são muito especiais pra mim: todos! Agradeço também selinhos que ganhei, e assim que tiver um tempinho a mais coloco eles aqui!
Boa leitura!




"[...]Cheguei na frente do circo, o portão estava entreaberto e eu não pensei duas vezes antes de entrar. Parecia mais uma missão impossível como a do pen drive.
Tinham malabaristas com suas bolas, um mágico que mexia numas cartas, umas crianças correndo com bolas cheias de ar nas mãos, contorcionistas... Eu estava encantada!
O incrível é que me olhavam e sorriam, o contrário do que eu esperava, já que eu era uma intrusa lá dentro.
Logo na minha frente tinha a grande tenda e meus olhos encheram de lágrimas, lembrei da minha primeira ida ao circo. Voltei no tempo e acabei sem poder controlar as lágrimas.
-Como é que uma menina tão linda pode chorar na frente da grande tenda de um circo?!
Olhei para trás e me deparei com um anãozinho. Ele estava de roupas coloridas, rosto pintado, era como um bobo da corte.
Sorri e enxuguei meus olhos.
- É que me lembrei de uma coisa que me deu saudade.
- Entendo. - Falava ele colocando a mão no queixo, tentando ser compreensível. - Mas em circo não se chora, muito pelo contrário! Em circo a gente ri até sentir dor nas bochechas. - O bobo da corte estalou os dedos -Vem! Eu vou te mostrar.
Sem me perguntar nada o anãozinho me puxou pelo braço e me levou para dentro da grande tenda. Tinha gente lá dentro, eram várias crianças que pareciam de rua, estavam com caras de ansiedade.
-Senta aí, já já você vai ri.
Não entendi, mas sentei. Aquele era mesmo um mundo encantado e eu me sentia confortavelmente bem ali dentro. O anão me trouxe um algodão doce e disse para eu ficar à vontade que ele precisaria fazer alguma coisa, mas voltaria logo.
Me senti de volta à infância naquele circo, maravilhada com aquele algodão doce enorme nas minhas mãos. Foi exatamente quando eu experimentava meu primeiro pedacinho de algodão rosa que uns tambores soaram e uma explosão aconteceu.
As crianças gritaram, eu confesso que tomei um susto, mas estava tentando me confortar:
“Isso é um circo Luísa, é só uma parte de algum show.”
Ri sozinha.
Foi então que vi, saindo daquele fumaça, tossindo grosseiramente e com ar de quem estava sufocado, o meu palhaço!

Você precisa descobrir sozinha

Não tinha reparado como ele tinha um ar bondoso. Lá estava ele, tímidos cabelos brancos, um lindo sorriso no rosto, cheio de tinta, aquele nariz vermelho, sua roupa colorida e reluzente.
E as crianças estavam tão admiradas com aquele palhaço!
Quis chamá-lo e perguntar tudo o que tinha para perguntar naquela hora mesmo. Mas não era justo estragar o espetáculo daquelas crianças, elas estavam tão felizes!
E pela primeira vez eu estava vendo o palhaço com outros olhos. Tentei enxergá-lo como minha mãe me disse que palhaços eram: encantados!
Fiquei vendo ele jogar balde de purpurina nas crianças, dar cambalhotas, tirar lenços infindáveis do bolso e dar uma linda rosa para uma garotinha que ficou com o sorriso mais lindo do mundo no rosto!

É, para ter o poder de tirar sorrisos de crianças, de poder fazê-las esquecer nem que fosse por alguns minutos de uma vida difícil, de fazê-las acreditar num mundo diferente, tinha mesmo que ser encantado.
Aos poucos fui me tornando como elas[...]"