15 de março de 2010

ÚLTIMOS VERSOS A VOCÊ


TODA VEZ QUE OLHAR PARA O MAR,
OU VER A LUA A BRILHAR,
SEMPRE QUE VER UM SORRISO,
UM PALHAÇO COM UM MUNDO COLORIDO,
SEMPRE QUE OUVIR AQUELA CANÇÃO,

OU QUANDO NÃO TIVER NINGUÉM PARA TE SEGURAR A MÃO,

APÓS BEIJAR ALGUÉM E OLHAR PARA TUA BOCA,

OU OUVIR DE LONGE PALAVRAS EMBOLADAS E MEIO LOUCAS,
ANTES DE JOGAR UM PAPEL DE BALA NO CHÃO,

DESCENDO AS RAMPAS COM O VIOLÃO NA MÃO,

QUANDO FALAREM DE MÚSICAS ESPECIAIS,

QUANDO SENTIR RAIVA DE COISAS BANAIS,

ATÉ QUANDO ESTIVER PERTO DE SE EMBRIAGAR,
LEMBRARÁS DE MIM, DA MINHA MENSAGEM,
DO MEU SORRISO, DA MINHA VERDADE.

DEPOIS DO FIM RESTAM MUITAS COISAS,

EM MIM SÓ FICOU LEMBRANÇAS E A INCERTEZA SOBRE O QUE ERA VERDADE.
EM VOCÊ, COM CERTEZA, FICARAM LIÇÕES.
PORQUE EU, COLOQUEI O MUNDO AOS SEUS PÉS,

FIZ ARCO-ÍRIS EM PAPÉIS.

E A LUTA QUE NÃO FOI TRAVADA POR VOCÊ, ME SERVIU DE MUITAS COISAS.
ME ENSINOU A ENTENDER AS COISAS...
AGORA SEI QUE AS PESSOAS NEM SEMPRE SÃO ENCANTADAS,

QUE O AMOR NOS CEGA E NOS DEIXA VENDADAS.

AGORA VOCÊ?
TENHA CERTEZA, QUE NO FINAL NÃO PODERÁ FUGIR.

E DE NOVO UMA LUTA VAI SURGIR,
E EU NÃO SEI QUERIDO SE VOCÊ TERÁ EM QUEM SE SUPRIR.

EU SOU IDIOTA E AINDA HOJE ME PEGUEI CHORANDO,
É DIFÍCIL VER AS COISAS COMO ELAS REALMENTE SÃO.
POSSO NÃO TER SIDO BOA EM TUDO, MAS EM TUDO EU TIVE VERDADE.

VOCÊ NÃO CONSEGUE FICAR SÓ, SABE QUE NÃO É O AMOR QUE ENCONTROU AGORA,
MAS TAMBÉM O QUE ME IMPORTA?
ESSES SÃOS OS MEUS ÚLTIMOS VERSOS DEDICADOS A VOCÊ,

QUE EU ESPERO SINCERAMENTE, NUNCA MAIS VER.

13 comentários:

Marcelo Mayer disse...

é só o começo, na verdade

•™Vitσя Lαηdiм™• ¹ disse...

Ameii Vei..
Gostei msm..
Me sinto no seu lugar escrevendo as mesmas coisas..! =D

Rebeca Amaral disse...

Lindo! Boa semana, flor.

cecilia disse...

Super delicado,comovente,sincero e honesto como todos versos são!Parabéns estão muitos bons.
Beijo

Anônimo disse...

Você tá amando?

Jéssica Trabuco disse...

Eu? amando?!
rss..

não mesmo! =P

Maria Fernanda Probst disse...

O nunca é uma palavra forte demais. Depois de um tempo a dor anestesia e os versos que machucaram tornam-se tão doces e bonitos que dá vontade de ler e de reler.


Obrigada pela visita no PS ;)

Chayenne Guerreiro disse...

jeeu,mt mt lindo *-*

Vicky! disse...

Nossa adorei! O texto tá muito bom.
Vale por passar no meu blog ;)
To seguindo aqui o seu!
Beijoo

James Pimentel disse...

Ontem mesmo eu tava falando sobre isso... não é ser machista, mas... mulher ela se doa tanto a um relacionamento que as vezes parece escrava. "PORQUE EU, COLOQUEI O MUNDO AOS SEUS PÉS," isso mesmo que você escreveu pode provar a minha colocação.

Mulher deveria estar mais centrada em sí, isso sim é o que importa.

Beijão

Larissa disse...

Fiquei devendo uma visita aqui há muito tempo, rs. E ainda não tinha vindo, pois acabei esquecendo, desculpa.
A forma como escreve, a forma como encara isso, é bela! E eu não tenho mais o que dizer, rs.
Adorei o blog, adorei a poesia também.

Um beijo.

Anônimo disse...

Na vida podemos amar de várias formas, algumas fazem muito bem, outras porém, podem nos destruir. O coração é traiçoeiro e pode nos levar a perder a razão. Muitas vezes quando abrimos os olhos já é tarde demais.
Devemos controlar as nossas ações! Na vida encontramos muitas armadilhas.Cuidado para não se ferir!

Carol C. disse...

Lindo, lindo, lindo. Realmente, o que é a vida sem um pouco de drama né? Com eles a gente aprende o que é amor, o que é viver de verdade.
Obrigadaaaaa pelo coment lá no blog ;D Apareça seeeempre, será super bem-vinda o/

Beeeijos!