30 de dezembro de 2011

#Blablabla


E lá se vai mais um ano. E é quase impossível não falar sobre isso nesse clima todo de retrospectiva. Algum momento na vida a gente tem que para e se perguntar se as coisas estão valendo à pena, se estão indo pelo caminho certo. E é nisso que venho pensando. Na vida, um segundo é muita coisa, tudo muda rapidamente e ninguém te ensinar o passo a passo não. Você aprende natoralmente. As vezes acho que essa é a graça, sabia? Você cresce riscando metas, planejando futuros, mas a gente nunca sabe por onde as coisas irão trilhar. E em meio a tantos sofrimentos que me arrastaram por 2011, me vi crescer de uma forma assustadora. Antes eu era somente uma menina que sonhava, mas me achava incapaz de tantas coisas. Hoje sou mulher, forte, medrosa as vezes, confesso, mas que se arrisca e quer vencer. Aprendi que a nossa família é a base do nosso ser. E por mais que coisas tristes aconteçam, aborrecimentos, sofrimentos. Por mais que se queira ficar só um pouco, o afastamento não será permanente. A família é uma parte do ser de cada um, e sem ela não se vive. Inclusive, família as vezes vai além de laços sanguíneos, e o amor é o que nos faz sobrinha, tia, irmã, ou qualquer coisa do tipo de uma outra pessoa. E há coisa mais gostosa do que se estar perto daqueles que escolhemos para sermos os nossos amigos? Agradeço, pois esse foi um ano onde pude perceber realmente quem me ama de verdade. E o que seria de alguém sem o amor? E foi isso que meus seres encantados me deram de presente este ano. Algo que me tornou completa, feliz, radiante! Os meus sonhos encantados se tornaram a minha realidade. Descobri que o amor vai muito além de beijos e abraços, é parceria, é ficar conversando até de madrugada, é comer um monte de besteira e depois um ri da cara do outro passando mal, é ser presa e receber um ataque de cócegas e rir até a barriga doer, é o desejo do outro ser junto ao seu corpo um só, é o porto seguro, é a mão firme segurando a sua, o abraço de urso, as palavras bobas, as danças debaixo do chuveiro.. Tanta coisa! Eu sei que estou bem feliz.
E para você 2012, que está já entrando na minha rua, lhe dou um conselho: não adianta vir cheio de trapaças, eu saberei desviar de todas. Saberei também aproveitar cada maravilha de Deus, e todas as oportunidades que a vida colocar ao meu caminho. Eu não vou cobrar muito de você porque sei que ter um ano novo bom depende muito de mim. E por isso, acima de tudo, eu lhe peço que tenha paciência comigo. Sou tirada a forte, mas as vezes viro uma menininha que quer se esconder debaixo do lençol. Mas tenha certeza, que em meios aos meus desvaneios eu não desistirei de ser alguém sempre melhor. 
Para todos os meus amigos, familiares, leitores; uma ótima virada de ano. Que nos segundos finais da virada vocês peçam a Deus que o ano comece com pé direito, e não esqueçam de agradecer por terem sobrevivido por mais um ano. Uma ótima virada de ano para todos e que 2012 venha com tudo.

29 de dezembro de 2011

#CássiaEller


"Sou meio rebelde... Pelo menos é o que os outros dizem

Não gosto de moda, de rosa, e odeio andar de salto
Meu brinquedo favorito nunca foi uma boneca, sempre tive um violão nas mãos
Cantava rock, pop... deixava a alma falar em canções
Que mal há se minha felicidade é diferente daquela da multidão?
Encontrei na mulher, a delicadeza e o aroma de uma flor
Me encantei, me apaixonei
E acham que eu sou bizarra
Vivi até a última gota da água que caiu na minha janela
Deixei que falassem, mas aí, eu marquei uma era
Pedi malandragem a Deus e ele me deu
Ou será que nasceu comigo?
Fui vítima de um vício,
Fui mãe
E acima de tudo, Mulher."

(Jéssica Trabuco)




Aos 10 anos sem a artista que marcou era e que até hoje tem as suas canções cantadas e lembradas em todo o Brasil.

E não poderia faltar aqui a música mais famosa dessa artista, em uma performance fantástica no acústico Mtv! Saboreiem-se:


28 de dezembro de 2011

A força é do povo, basta acreditar


Caros leitores, estou aqui com um sorriso no rosto, porque acabei de ver em um site de notícias aqui da Bahia uma resposta ao meu post anterior:

"A prefeitura nega aumento na tarifa dos ônibus coletivos de Salvador para o início de 2012. A afirmação foi feita pela assessoria de imprensa da Secretaria Municipal dos Transportes e Infraestrutura (Setin), após estudantes ameaçarem manifestações através das redes sociais, a exemplo do que aconteceu em anos anteriores."

Fonte: Ibahia

Creio que muitos acharão que a questão do aumento nunca existiu, para mim, a revolta do Facebook funcionou. 


(imagem que estava circulando no Facebook)



Que esse seja um exemplo de que a força está nas nossas mãos, basta acreditarmos e a usarmos. 
Ninguém quer um caos, certo? 

#HoradeOpinar


Aviso: Esse post por mais que pareça ser direcionado aos soteropolitanos, na verdade é uma indignação direcionada a todos os brasileiros que estão cansados de serem roubados, sem mais nem menos, nesse país. Perdoem as minhas palavras, mas essa é a hora do meu protesto.


Aumento da tarifa da passagem de ônibus de Salvador 

Andando pelo Facebook, me deparei com alguns posts de colegas conterrâneos onde falavam do absurdo do aumento da passagem de ônibus para R$ 3,00. Eu olhei, analisei, mas não dei muito valor. Era um ou dois gatos pingados falando daquilo e esperei mais um pouco até poder confirmar esse absurdo. Foi então que começou a invasão na minha "home" com vários posts indignados com o aumento da passagem. 


(Revolta no facebook)


Como se pagar R$ 2,50 por uma passagem de ônibus, com direito a atrasos, engarrafamentos a toda hora, lotação ao estilo "lata de sardinha", odores que grudam em você por causa da aglomeração de gente, pontapés e empurrões que se recebe, o calor miserável que dá, e a possível contaminação de doenças respiratórias (já que o ar não circula); já não fosse caro, agora eles resolveram cobrar R$ 3,00 para você passar por essa situação no mínimo constrangedora.  
Aprendi na Escola, de forma manipuladora, que os políticos estão lá "em cima" para nos servir, para trabalhar pelo melhor do povo. Mas vejo uma realidade muito diferente. Eles não trabalham para gente, eles trabalham para roubar o dinheiro da gente. Isso sim!
Somos educados e manipulados por políticos, meios de comunicação de massa, e outras coisas, para sermos robôs educados e obedientes, aplaudindo a cada roubo e enganação que cometem.
Pagar R$ 3,00 para usar um transporte público de baixa qualidade é um absurdo! Deve ser por isso que temos o pior prefeito do Brasil, de acordo com pesquisas. 
Já está mais do que na hora de soteropolitanos, paulistas, cariocas, mineiros, gaúchos e todos os brasileiros acordarem para a injustiça que estão nos cometendo todos os dias. Estão roubando o nosso dinheiro e levando vida de luxo às nossas custas. 
Até quando continuaremos votando nos políticos "rouba, mas faz" ? Precisamos mostrar que nesse país existe pessoas que pensam, e que ainda melhor, protestam! 
Não seja o palhaço do circo Brasil. Faça melhor, comande a festa.



27 de dezembro de 2011

#Conto

Cozinhar não é o meu forte


Terça-feira, dia comum, nada de diferente. Acordei para começar a escrever. Esse é o meu trabalho. Hoje mais do que nunca acredito que se existe algo que eu saiba fazer no mundo, é somente escrever. Não que eu escreva bem, mas sim porque eu escrevo por todo e qualquer motivo, e até quando não há motivo. Eu escrevo e escrevo, sem parar. As vezes é meio louco. 

Só que hoje, para a minha preocupação, o amor da minha vida acordou 'dodoi'. Sabe como é ouvir a pessoa que a gente ama gemendo de dor, com aquela carinha de cachorrinho sem dono, pedindo cuidados e carinhos? Pois então. Foi bem assim. E em meio aos dengos do meu amor, reparei que já era quase meio dia e eu precisava providenciar algo para ele comer. Seria normal para qualquer casal isso, se não fosse pelo nosso acordo onde arrumação de casa era comigo e cozinha com ele.Eu não sou lá muito boa de cozinha, e ao contrário de mim ele é ótimo com isso. Tanto que ganhei uns quilinhos a mais desde que a gente casou.
Pensei uns instantes sozinha, e vi que não tinha jeito. Eu tinha que assumir a cozinha hoje. Corri para o mercado para comprar algumas coisas, fui na feirinha e voltei como se meu braço fosse soltar do lugar de tanto peso que estava carregando. Em meio a minha ida ao mercado, meu amor me mandou uma mensagem tão linda que eu só conseguir fazer aquele som emitido por toda mulher apaixonada: "Owwwn". E é claro, meus olhos brilharam. Voltei para casa, e parecia que o sol tinha derretido metade de mim. Tomei um banho para refrescar e logo depois deixei de enrolação e fui encarar a cozinha. Macarrão, purê de batatas, frango grelhado e salada de alface. Esse era o meu 'menu', e não parecia ser tão difícil de fazer. Fui descascar as batatas, parei, coloquei a água do macarrão no fogo, continuei descascando a batata, coloquei ela no fogo, coloquei o macarrão na água, fui cortar o tempero, passei o garfo no macarrão (para não grudar), coloquei margarina na frigideira, verifiquei se a batata estava mole, fiz o molho do macarrão,  conferir de novo a batata, escorri o macarrão, coloquei de volta na panela e misturei com o molho, fiz a salada de alface, escorri a batata/amassei/coloquei.margarina.leite/pûs.no.fogo, fritei o frango. Pronto. Fiz a comida. Fui experimentar o macarrão e parecia meio "unidos-venceremos", provei, não gostei, me desesperei. O frango parecia mais escuro do que deveria ser, e o purê parecia meio sem sal - ai coloquei queijo relado... Pronto!

Cheguei ao quarto meio cabisbaixa, confesso que até tinham lágrimas nos meus olhos, falei ao meu amor que a comida estava pronta, mas que eu achava melhor a gente pedir uma pizza ou qualquer outra coisa do tipo. Ele se levantou da cama e foi para a cozinha. Eu cai na cama e me escondi debaixo do travesseiro. Deu para ouvir suas gargalhadas, ri também. Continuei escondida, e de repente ele chegou, com o prato cheio, digno de um pedreiro. Mandou eu deixar de ser besta. Eu me desculpei pela merda que fiz, disse que fazia tudo errado e comecei aquele dramalhão todo de uma típica canceriana. Ele comeu com gosto, disse que estava gostoso e me mandou comer, antes que ele comesse tudo. Fiquei curiosa, achei estranho. Vi queijo ralado jogado no macarrão do seu prato. Ele continuou comendo. Depois parou, deitou metade de si em cima de mim e agradeceu, disse que ficou super feliz de me ver cozinhando para ele, e ainda disse que cuido dele direito. Me beijou. Eu estremeci, gelei por dentro. É incrível como isso ainda acontece depois de tanto tempo. Amor com uma paixão constante é a coisa mais gostosa que há. Fui comer, e até que a comida não parecia muito mal mesmo. Descansei um pouco depois do almoço e fui arrumar a zona que eu tinha deixado na cozinha. 
Escureceu, e eu e o meu amor estávamos deitados no nosso tapete novo assistindo Tv. Do nada meu amor perguntou para mim o que eu tinha feito com o resto do macarrão. "Eu guardei". Em meio a isso, ele soltou uma gargalhada que foi até gostosa, mas me deixou sem entender. "Quem vai comer aquela coisa horrível-grudada-cheia.de.extrato-vermelha?" Eu emudeci por um segundo e fiz cara de choro. "Mas você disse que a comida estava gostosa!" Ele riu ainda mais. "Você estava quase chorando amor, eu ia dizer o quê? Tadinha de você, quando eu vi a zona que estava a cozinha eu não consegui te dizer que estava ruim. Vi que se esforçou. Então pedi força aos céus, enchi o prato, e empurrei a comida 'guela' à dentro" Eu ri, não consegui controlar. "Mas você disse que estava gostoso amor! Poxa, poxa...". Subi em cima dele e comecei a lhe fazer cócegas. "Disse porque eu te amo, ta?" Ri de novo mas fiquei meio boba também. Ele continuou: " E sabe, eu cheguei a uma conclusão". "Qual?". "Você nunca cozinhou na vida!". Gargalhou me dando a língua e me beijou como consolo. 
Cozinhar, não mais. Meu negócio são as letras!

Amor estampado na cara... Literalmente!

Quando alguém pergunta a algum fã clube, qual a maior loucura que já cometeram pelo seu ídolo, é comum ouvir sobre viagens longas, fugidas de seguranças, cartas quilométricas... Coisas do tipo. Muitos até tatuam o seu amor no corpo, seja alguma frase que o artista falou, uma letra de música, ou até mesmo o rosto do artista. 
Muitos acham exagerado tatuar no corpo algo do tipo, e eu até penso assim também, mas não desmereço ou diminuo o amor de ninguém. Eu costumo compreender tais atitudes. 
Mas sabe aquele ditado, o "amor está estampado na cara" ? Pois então. Uma fã do rapper 'Drake' levou isso à serio de tal modo que resolveu fazer esta obra de arte (?) :


(a tal fã e a sua linda tatuagem)

Vocês não estão vendo errado não, a fã do 'Drake' resolveu tatuar o nome do ídolo na sua TESTA. Agora todos poderão ver, de longe, qual é o estilo de música que ela gosta e qual o seu cantor favorito. 
O rapper quando viu a foto ficou um pouco assustado, mas disse que compreendia a garota, que era amor e tal. (Eu também ficaria feliz se visse alguém com o meu nome escrito na testa). No entanto, ele criticou a atitude do tatuador que fez a obra de arte. Pagando bem, que mal tem? O cara só estava fazendo o trabalho dele, não é?
Aposto que daqui há algumas semanas, essa garota se arrependerá amargamente do que fez.
Admirar uma banda é bacana, fazer fã clube, viajar em caravanas... super normal e saudável. Mas não use atitudes extremas para tentar se aproximar de alguém famoso, isso as vezes te transformará em bizarrice. Você passar a viver a vida do outro e esquecer a sua também não vale à pena, ele continuará crescendo na vida, e você? Será só mais um.



25 de dezembro de 2011

Então é Natal...

E depois de alguns dias fora, o #Mpb volta em dias de amor natalino. É Natal! E a paz reina sobre a humanidade...


Pelo menos hoje, não é? 
Não sei quanto à vocês, mas me enoja o fato de ter muita gente por aí que passa o ano todo fazendo besteiras, sendo insensível, egocêntrico... chegar nos dias 24 e 25 de dezembro e soltar um "Feliz Natal" para pessoas que ele passa todos os dias ao lado e não dá nem um "Bom Dia".
Claro que é lindo ter um dia em que todo o mundo, praticamente, está unido em um único sentimento e ideologia... Mas saber que para alguns a paz só reina nesses únicos dias, me soa como hipocrisia.Seria bom, se, assim como meu amigo Charlie Brown disse em uma das suas tirinhas, ao invés de sermos bons somente em uma data especial, fossemos bons o ano todo. Ou pelo menos nos esforçar para ser alguém bacana. Porque erros todos nós temos, somos humanos.
O que eu espero, com toda a sinceridade que me cabe no peito, é que todos possamos refletir de verdade a vida e ir atrás do que nos faz bem, ir atrás de quem amamos, dos nossos sonhos, planos. Nada é impossível desde que exista dentro de nós.
As coisas sempre podem mudar para a melhor!
E uma grande prova disso foi oque aconteceu neste fim de ano da TV Globo. Para todos nós, que esperávamos ter que aguentar mais um especial do "rei" Roberto Carlos, fomos surpreendidos por um trio "arretado de bom".

Três baianos maravilhosos que arrasaram em cima de um palco: Ivete, Gil e Caetano. Juntos, com um talento que não precisa de textos, levaram artistas globais ao delírio com canções que não se apagam da memória jamais! Ponto para Rede Globo que nos trouxe esse calento aos ouvidos.
E eu, na minha ousadia, não poderia deixar de colocar aqui embaixo um vídeo de uma música que eu adoro, cantada pelo trio no Especial. Com vocês: Se eu não te amasse tanto assim.


10 de dezembro de 2011

Medo de Blitz? Eu tenho o Twitter da Lei seca ;)

Depois que a Lei Seca foi implementada no nosso país, é mais do que notável a redução de acidentes de carro cometidos por pessoas que estavam consumindo bebidas alcoólicas. Após um tempo de ação total, os agentes de trânsito se ausentaram um pouco das ruas. Mas agora, "o bicho pegou". Antes havia uma porcentagem permitida de álcool no sangue da pessoa que fazia o teste do bafômetro, hoje a porcentagem é de 0%. Ou seja, se beber, definitivamente, não dirija.
Estamos salvos? Não. Não estamos.
Em cada Estado, sendo que SP e RJ são os pioneiros e os mais ativos, existem o twitter da Lei Seca. Onde os motoristas que vão passando pelas ruas e vêem Blitz avisam pelo Twitter e os seguidores já podem evitar passar pelo local.
Em uma reportagem, um estudante declarou que essa prática da Lei Seca no Twitter o devolve o direito de ir e vir. Mas em meio a isso, pergunto-me se essas pessoas não estão arriscando ainda mais a sua própria vida e a daqueles que estão à sua volta.
Acredito sim que todos tem o direito de andar livremente para onde bem entendem. Mas tenho certeza que se alguém insiste em infringir uma lei, sabendo ainda mais que, mesmo que dirija direito, consumindo bebidas alcoólicas pode alterar o seu reflexo, e causar um acidente ao ponto de provocar um grave acidente; para mim não há argumento.
Se não quiser virar estatística é bom seguir a lei, porque depois da morte, nem corrida de "velotró" você vai participar. A vida é muito valiosa para ser arriscada com infantilidades e irresponsabilidades como essa.

Veja Abaixo o vídeo de entrevista com o estudante:



E você, acha o que?

6 de dezembro de 2011

#HoradeOpinar

E os 15 minutos?



Que vivemos em um país onde os cidadãos são feitos de palhaços, todos nós já sabemos. Mas eu estou cansada disso. Vocês não?
Nem para pagar as nossas contas temos sossego. Nessa semana tive a infelicidade de necessitar ir ao banco, e só por conta disso já foram logo me dizendo: "Acorde cedo", "tem que pegar senha", "a fila lá é imensa". Juro que cheguei a me perguntar se eu tinha dito mesmo que ia ao banco ou a um Sistema Único de Saúde, conhecido popularmente como SUS.
É um absurdo você precisar madrugar para chegar cedo aos bancos, principalmente no início do mês, pegar filas quilométricas para conseguir ter o seu serviço concluído.
Não inventaram por aí uma lei de 15 minutos? Que diz que o tempo máximo que as pessoas deveriam esperar em uma fila de banco era 15 minutos? Tenho a impressão que os banqueiros entenderam errado essa lei, e chegaram à conclusão que o tempo mínimo é 1 hora e 50 minutos. Parece que em dias de pico, como os inícios de mês, a lei passa a tolerância para 30 minutos. Mas ainda assim, a lei não é exercida.
E depois eles querem que respeitemos as suas leis internas. "Não use o celular dentro desse estabelecimento". Questão de segurança? Pode até ser. Mas confesso que é complicado seguir uma lei, sendo que o meu direito está sendo desrespeitado. Como posso eu respeitar uma corporação que pouco se importa com o meu bem estar?
Deveria haver mais fiscalização nesses estabelecimentos. E nós, cidadãos que são feitos de bestas, deveríamos fixar bem na mente o horário que aparece naquela maldita senha e marcar que horas terminaria os 15 minutos. Tendo passado esse tempo, vamos denunciar. Coordenadoria de Direitos do Consumidor. Quem sabe depois de denunciar a fiscalização cresce, as multas aumentam e assustam esses banqueiros que nos fazem mofar nas suas filas?
É complicado perder o dia todo no banco quando se tem um milhão de coisas para se fazer no mundo real.
E nem nos oferecem uma água, um suco, ou qualquer outro passatempo da viagem.
Sei não viu? Falta de respeito! 

4 de dezembro de 2011

#Blablabla


O que você espera de mim? Que eu seja um sucesso, bem sucedida, que as pessoas me olhem com outros olhos, que eu seja um exemplo, que eu seja perfeita, que eu não pule na água de roupas e que eu não chore nunca.
A verdade é que desde que nascemos somos envolvidos por uma capa de apostas que nem nós mesmos percebemos facilmente. Aí, aos poucos, os anos passando, a capa começa a pesar tanto, tanto, que ser o exemplo de ser humano passa ser a coisa mais importante na sua vida, acima de tudo. E até os seus planos e sonhos se tornam sufocantes. Porque acima de ser o que você sonha, existe a expectativa do mundo.
E o que é correto? O que é ser bom?

É fácil, e menos trabalhoso, que cresçamos aceitando o que a sociedade nos empurra 'guela' abaixo. No final morreremos e seremos mais um daqueles que seguiram pelo caminho que o mundo traçou. Mas e quanto à felicidade, ao gozar à vida? E quem disse que quando eu for só um nome, eu quero ter sido como qualquer outro? Eu não. Eu quero ter sido alguém que por ser humana e imperfeita, errou milhares de vezes querendo acertar, e que no final, apesar das dificuldades da vida, foi feliz e deixou histórias, que marcou uma época.
Não quero viver sozinha. Não quero me isolar no meu mundo. Não é isso. É que as vezes, depois de tantas turbulências, a gente acaba tendo medo de ter jogado no chão todas as expectativas do outro, e por mais que estejamos felizes com a nossa escolha, é difícil encarar a decepção do outro. Não é? As vezes um tempo só é necessário para conseguir colocar as coisas nos seus lugares.
A verdade é que os loucos, os questionadores, poetas, artistas, revolucionários, são os mais lembrados, apesar de na época deles terem sido destroçados e apedrejados. 

Mas quem é o certo, quem tem a razão?
Você, eu, a sociedade e suas leis, a natureza?
O que todos tem medo de admitir é que o objetivo de tudo isso não é um só que está predefinido, mas é algo que cada um deve escolher para si.
Viver não devia ser tão complicado. Devia ser gostoso, calmo.


10 de novembro de 2011

#HoradeOpinar

Cuidado com os homens de terno



"O homem é o lobo..."

A nossa sociedade atual é movida por um bando de lobos capitalistas de terno, rindo da nossa cara. Vivem por aí roubando o nosso dinheiro da forma mais arrogante e suja que existe.
Até onde os verdadeiros ladrões irão? Até quando continuarão intocáveis?
Acredito que eu seja uma menina muito idealista, sonhadora talvez. Na minha cabeça, os intocáveis são os mais vulneráveis que existem, e justamente por isso, por terem sujeira debaixo do tapete, eles usam de uma ideologia tão forte que conseguem nos fazer acreditar que realmente nada os atingirá.
O dinheiro se tornou o combustível do mundo, o ouro.
E é tão ridículo vivermos passando por cima de tudo e de todos por causa de uma coisa que não poderá nos dar a felicidade eterna, que não nos fará viver para sempre, ou que fará algum efeito quanto a vida acabar.
Está na hora de ousarmos, de vivermos, nos arriscar.
Já foi o tempo que os cidadãos deveriam ser passivos desmiolados que dizem "sim senhor" a qualquer um que apareça em cima de um palanque. Vamos pensar? Criticar? Lutar pelos nossos direitos?
As coisas poderão ser melhores. Mas você, dará sua cara à tapa para isso?

6 de novembro de 2011

O símbolo se perdeu junto com a graça!


Eu sou uma leitora profissional, e isso é desde os meus 4 anos de idade. Minha mãe me ensinou a ler e escrever desde nova, e junto com mais uma professora da infância eu criei um gosto muito grande por literatura. E Dan Brown é, com certeza, um dos escritores que mais me deixou ansiosa por cada frase e letra de seus livros. Não resisti, e depois de conhecer "O Código Da Vinci" tive que ler todos os outros livros dele. Fortaleza Digital, Anjos e Demônios (que é o meu favorito) e Ponto de Impacto. Ai, surgiu um outro livro, continuando a saga de Robert Langdon - "O Símbolo Perdido". Em cima da estréia do livro existiu muita propaganda e a mídia já falava até mesmo do filme. Bom... passei muito tempo louca para lê-lo. Achava um absurdo logo eu não ter lido ainda. Até que um dia eu simplesmente entrei na Saraiva e o comprei.

Todos os outros livros de Dan Brown eu demorei, no máximo, quatro dias para terminar. Esse, porém, bateu o recorde. Fiquei com ele mais de um mês sem terminar. Para a minha decepção o livro se tornou massante, cansativo, chato e previsível. Tudo o que não existia nas letras de Dan Brown. Poucas foram as páginas que eu me surpreendi ou quis ler com maior voracidade. Me entediei.
Acredito que quando alguém passa a escrever rodeado de expectativas e cobranças, acaba perdendo o dom, a magia da coisa. E isso se torna muito ruim.
Para mim o último livro de Dan Brown se tornou uma espécie de diálogo com um médico que te fala algo simples usando as mais difíceis palavras, o que te deixa sem saber o que na verdade ele queria lhe transmitir.
Na busca de satisfazer, e de continuar a saga de Langdon, não foi só o símbolo que se perdeu, a graça também foi junto.

4 de novembro de 2011

Family Restaurant


Não é que eu esteja viciada em joguinhos, mas é que sempre existe uma fase na nossa vida que damos mais valor a esses joguinhos "simples", porque acredite, eles ajudam a desestressar e a passar o tempo. Esse daqui é um jogo bem de menina, mas acredito que muito macho por ai não vai nem conseguir ir muito longe nele. (É isso é um desafio). No jogo sua família tinha um restaurante de sucesso que por algum motivo fracassou, e o seu objetivo é levantá-lo de novo fazendo deliciosos pratos. O bacana é que você faz os pratos etapa por etapa. É muito legal, espero que gostem, e alguém aí se conhecer me diz onde é que eu baixo ele completo e ILIMITADO, ta?



Para jogar clique aqui.



1 de novembro de 2011

#Musicar

E finalmente foi lançado o primeiro clipe do projeto paralelo de Pitty e Martin: Agridoce.
Com arranjos calmos e melódicos, que incluem piano, a música dançando é uma balada com letra forte e doce ao mesmo tempo, está ai o motivo do nome do projeto.
O clipe está bem descontraído, e até os próprios músicos gravam algumas partes.
O trabalho está muito lindo, vale à pena conferir.
Com vocês: DANÇANDO.




31 de outubro de 2011

Melhores clipes do estilo 'Haloween'

Vira e mexe cantores e bandas fazem clipes inspirados em bruxas, vampiros e monstros de todos os tipos.
Como hoje é dia 31, resolvi colocar aqui os três melhores clipes nesse estilo.
Vamos lá?


Going Under - Evanescence


Thriller - Michael Jackson




Everybody - Back Street Boys





Doces ou travessuras?


Dia 31 de outubro - Dia das bruxas.
Mulheres de cabelo vermelho que foram queimadas na Inquisição, feiticeiras, dominadoras das artes ocultas, bruxas.
Data de muitos mistérios, medos, fantasias, doces e travessuras.
E para "comemorar" esse dia, nada melhor que a abertura original do seriado da família mais assustadora e adorável do mundo: Família Adams.



29 de outubro de 2011

Trailer oficial de Missão Impossível - Protocolo Fantasma


O homem das causas impossíveis está de volta, e nesse novo filme Ethan Hunt (Tom Cruise) liderará uma equipe foragida da Justiça. Todos estão sendo acusados de terrorismo e de envolvimento em um atentado a bomba na Rússia. Para mudar a situação eles correm para limpar seus nomes em meio ao início do 'Protocolo Fantasma' do governo americano que acusa a equipe de começar uma guerra nuclear.

O trailer oficial do filme está eletrizante, cheio de cenas de ação. Agora é só esperar para ver se o filme corresponderá às expectativas.
O filme foi dirigido por Brad Bird e estreia no Brasil no dia 30 de dezembro.



27 de outubro de 2011

Katie Holmes: a abóbora safada de Ted Mosby


Os amantes, assim como eu, da série americana 'How I Met Your Mother', há uma novidade muito bacana. A tão esperada garota vestida de abóbora que nosso caro amigo Ted Mosby encontrou em uma das suas comemorações de Halloween e perdeu contato, garota essa que ele espera há mais de 6 anos na mesma festa aparecerá. E será nada mais nada menos que Katie Holmes.
Para se ter uma ideia do quanto ela é esperada, a primeira vez que a 'Slutty Pumpkin' foi mencionada, foi no sexto episódio da primeira temporada da série, série esta que já está na sua 7ª temporada.

As primeiras cenas de Katie Holmes na série já foram divulgadas, agora é só esperar ir ao ar e dar muita risada.



Apple Shooter

Nesse joguinho simples, o seu objetivo é acertar a maçã em cima da cabeça desse pobre ser.
Não, não é fácil. E se você errar o alvo, poderá causar um ferimento grave no carinha da maçã, e acredite, as imagens são fortes.
Eu só consegui ir até o 9º level. Será que você consegue mais?


Mais Jogos no Click Jogos

14 de outubro de 2011

#HoradeOpinar

Facebook e a política

Um dos motivos de eu gostar tanto do Facebook é porque ele não é uma simples rede de relacionamentos não. Vai muito além disso. O Facebook, nos faz divulgar mensagens e ideias muito rápido, e as pessoas aderem mesmo a certas campanhas, compartilham, protestam juntas. 

É muito bacana.
A nova, que eu vi hoje mesmo, foi essa aqui debaixo:



Não sei quem criou essa campanha, mas tenha certeza que você foi genial. Nada mais sensato e justo do que isso. Se os políticos estão trabalhando em prol da sociedade, é completamente coerente que eles ganhem salário mínimo. Que seus filhos estudem em colégio públicos e que, antes de carros de luxo eles usem o transporte público. Aposto com qualquer um que a situação do país com certeza iria melhorar.
Político só faz qualquer coisa em prol dele mesmo. Enquanto não o atinge, as coisas ruins continuarão ruins. Só vão melhorar um pouco na época de campanha, porque vocês sabem não é? Eles precisam se reeleger.Mas se estes mesmos forem obrigados a utilizar os mesmos meios que nós, cidadãos comuns, usamos. Ah! Ai a coisa ia mudar. O nosso famoso "buzu" ia ter bancos acolchoados, ar condicionado. As escolas públicas teriam a mais avançada tecnologia, a melhor infra-estrutura. E o salário mínimo, não seria menor que R$ 15.000. 
Engraçado? Não caro colega, cidadão brasileiro. Isso é uma vergonha! Os políticos deveriam estar gastando o nosso dinheiro conosco e não nos privando dos direitos básicos do ser humano. Educação, saúde, segurança, diversão, arte, cultura! Somos um povo carente, e isso só vai mudar quando nós mesmos percebermos isso e protestarmos contra os ladrões que estão lá em cima rindo da nossa cara.



13 de outubro de 2011

Livre

E lá estava a menina, presa, rica.
Infeliz, presa, rica
Todos a adoravam, ela não.
E deu uma de doida e escolheu a liberdade
A riqueza material se esvaiu, e agora só o tempo
Mas ela é livre, feliz, se adora
E ama, alguém, a vida, e o que faz.
Pobre? Não... 
Mais rica ainda


12 de outubro de 2011

Hoje é o dia das nossas crianças



E hoje, no dia que o Brasil tirou para homenagear as nossas crianças, vamos lembrar que são elas, as nossas miniaturas, que serão o futuro do nosso país, do nosso mundo. 
E para os nossos filhos, irmãos, primos, sobrinhos: todo o amor do mundo! Educação, diversão, família, base, saúde.
Vamos cuidar dos nossos, viu governo? 
E nesse dia onde devemos mimar os nossos pequeninos, vamos lembrar também que INFELIZMENTE muitos desses são maltratados, violentados.
E em todos os dias, devemos lembrar que violência contra as crianças é crime. Temos que zelar por elas sempre, assim como todos se uniram e fizeram a campanha no Facebook onde todos trocaram suas fotos no perfil por desenhos animados. Vamos fazer algo ainda mais importante, vamos denunciar os abusos contra as crianças. Disque 100 e proteja os nossos anjos.
Assim, com a consciência limpa, vamos festejar o dia dos anjinhos do mundo!




11 de outubro de 2011

O que você faria com 50 milhões?


Confesso que não sou do tipo noveleira, mas a novela das 9 horas está tomando a minha atenção. E cá fico eu curiosa por saber qual será o próximo capítulo. E a novela, Fina Estampa, está em momentos decisivos e esperados desde o início da trama. Dona Griselda (Lília Cabral), mais conhecida como Pereirão, ganhou a sorte na loteria, e de um dia para o outro virou milionária, com 50 milhões de reais na conta do banco.
O que será que D. Griselda fará com essa grana toda? E melhor, o que VOCÊ faria se ganhasse esse dinheiro todo?

                                              Comprar uma ilha?



Ter uma sala de cinema em casa?



Viajar e pensar depois no que faria?


Criar um ornitorrinco?


Ou ter o piano mais caro do mundo?




Uma dessas ai eu faria de cara, e as outras foram sugestões alheias. E você? Mande sua sugestão, lista com as cinco primeiras coisas que faria com tanto dinheiro.



10 de outubro de 2011

Só um desabafo

Vou logo avisando, não leia isso aqui. Esse é um post completamente diferente, desesperado.
Tentei dormir mas não consegui. Estou sentindo uma dor tremenda aqui dentro do coração. Como se tivessem segurando ele forte, o sufocando sem o deixar bater. Estou sem graça, sem jeito sem chão...
Mil ideias mirabolantes me passam a cabeça mas a minha carteira não colabora com a minha vontade de aparecer ai agora na sua porta e te fazer entender que eu a amo mais do que tudo nessa minha vida.
E eu sou mesmo uma menina idiota que fez besteira, e que não tem como te explicar a merda. Mas essa menina aqui é louca por você e só de saber que te magoou não consegue fechar os olhos e descansar como se nada tivesse acontecido.
Você é a minha razão de tudo. Quem me dá força e coragem para correr atrás do que sou e quero ser. É você que me faz sorrir o riso mais despreocupado e espontâneo do mundo. E só você conseguiu me fazer falar um palavrão com gosto depois de ter me abusado tanto.
E eu não sei viver sem você. É serio!

Não é coisa batida que todo mundo diz não, nesse meu caso é completamente literal. Eu não consigo mais me imaginar sem seus lindos olhos castanhos me observando, ou sem suas mãos e pés de criança que eu adoro ficar apertando, sem seu riso sem vergonha de menina traquina e sem aquele seu cheiro que vem pra mim tão fácil e me deixa louca. Não consigo imaginar não ter você me amando, me tocando a pele, me olhando daquele jeito que me faz ter frio na barriga. 
E eu não vou te deixar ir embora, não vou deixar que nada te leve de mim, muito menos eu mesma ou um passado ridículo que é menor que um grão de areia pra mim.
Você é o tudo, você é a outra asa. Até sua família já percebeu, fomos feitas para ficar juntas, felizes como mais ninguém conseguiria.
E eu sei que está tudo tão estranho, e eu também estou morrendo de medo. Mas não foi você que me disse que sempre estaríamos juntas? Vamos lutar contra esse monstro e mandar ele pra bem longe do nosso amor. Nosso amor é tão lindo, tão puro, tão de verdade.
"Se você me der a mão, te levo para o paraíso meu bem, venha comigo..."
Não desiste da gente não, vamos lutar juntas, vamos vencer... Não deixa que a vida nos leve e dê as respostas por si só. É a gente que faz o nosso amanhã, vamos pintar o nosso todo colorido e lindo, com o nosso castelo e nossos amigos, com a nossa família e o nosso amor brilhando para todo mundo ver.
Eu te amo muito! Me deixa ser a mulher mais feliz do mundo, me deixa te fazer feliz também.


                                                     Fica aqui comigo, pra sempre.  :(

8 de outubro de 2011

Flash Mob

Imagine que você está em passeio normal no meio do shopping com seus amigos ou familiares. Ai chega aquele momento que todos adoram, o de comer besteiras. Mc Donalds, Buguer Kin, Bob's. E enquanto você está lá se lambuzando com aquela comida nada saudável e gostosa que só os Fast foods tem, começa a ouvir um som de tambor no meio do nada. O som para, você desconfia que está louco. Finge que nada aconteceu.Mas ai, do nada, vem o som de outro instrumento do outro lado. Você não está louco, agora tem certeza. Uma galera agora começa a aparecer com tambores, timbal, pandeiro e começam a dançar. Mas o que será isso? Flash Mob. O novo jeito de fazer propaganda. 
Quer ver? 
Esse daqui debaixo foi feito em um dois shoppings mais renomados de Salvador. Eu adorei.




4 de outubro de 2011

Alice e outras ilustrações

Sabe a história da menina loirinha de vestido azul que indo atrás de um coelho com relógio cai no buraco e descobre o país das maravilhas?
Pois então, desde o seu desenho da Disney, aquele bem fofo, delicado; eu já me identificava muito com aquela garotinha.
Quem nunca sonhou em um mundo onde existem seres encantados, um mundo onde a realidade se mistura com o sonho?
Eu adoro. E minhas duas melhores amigas me chamam assim, Alice. Dizem que vivo fora do chão, e que acredito em todo mundo. Fazer o que. Acho que assisti muito desenho de princesas e fadas.Não sei se vocês sabem mas está rolando no Facebook uma campanha contra a violência infantil, e para participar basta trocar a imagem do seu perfil por uma imagem de um desenho animado que te marcou.

Foi nessa busca que achei uma imagens bacanas de Alice no país das maravilhas e quero compartilhar aqui com vocês. Mais nesse link.
(essa foi a que coloquei no meu perfil do Face)
-
-
-
-
-








Além de imagens de Alice, o site tem muitas outras ilustrações e duas delas me chamaram muito a atenção, é o curinga do Batmam e Robert Pattison, tenho que compartilhar também porque estão perfeitas!
-
-

                                               


Quem quiser visitar o site, está aqui o link. É o The Design Inspiration. Confiram!

3 de outubro de 2011

É que eu preciso dizer que eu te amo... tanto!



(eu tocando "Preciso dizer que te amo" - Cazuza)   


E foi assim, meio de repente
Ouvi meu coração bater mais rápido

E mesmo no escuro do quarto, eu conseguia ver alguma coisa brilhar
E foi naquele misto de medo e alegria 

Que eu te falei as letras da música de um poeta
E eu acho até que me embolei, uma ou duas vezes
Em meio aos meus risos nervosos e descontrolados
E quando eu fui dizer o verso principal, eu parei, respirei fundo e soltei
Sem nem saber o que vinha do outro lado da linha:



"E eu não sei que hora dizer
É que eu preciso dizer que eu te amoTe ganhar ou perder sem enganoÉ, eu preciso dizer que eu te amo tanto
Me dá um medo, que medo"
ps: História Real

28 de setembro de 2011

Deu "aloka" no vovô

Em minhas andanças pelo twitter, me deparei com um post do Felipe Neto mencionando o "Vlog do Fernando". Em minha aguçada curiosidade, fui atrás do vlog no youtube, e me deparei com um vovô que fala palavrões e faz gestos obscenos. Nunca tinha visto isso na vida, juro. E quando me deparei com tal cena, ri e achei graça. Mas está bem, coisas bonitinhas à parte, e palavrões e gestos feios também... Até que o que o vovô falou faz sentido.
Quer ver? Se prepare!




27 de setembro de 2011

Não tem para onde correr, as redes sociais chegaram para ficar!

Vou fazer uma pergunta simples: Você consegue ficar uma semana sem entrar na internet? Sem atualizar seu blog, twittar, atualizar o facebook e ver a vida dos outros no orkut? Não! Não é? Claro que não.
Os brasileiros estão comandando a lista de países que mais gostam de redes sociais. Dizem as más línguas que isso se dá porque o brasileiro é fofoqueiro. Mas creio eu, que o fato maior é que brasileiro adora falar e adora ainda mais ibope. Quem não gosta de ter um curtir em uma frase dita no facebook, ou de ver tweets retuitados no twitter?
Pois então, 90,8% dos brasileiros que acessam a internet estão nas redes sociais.


                     (As acusadas)

As redes sociais hoje são usadas como a nova mídia. As informações são passadas de uma forma muito mais rápida e em maior escala.
É uma nova forma de poder no mundo. Quanto mais conectado mais influente você se torna.

Com tamanho poder, as redes sociais ganharam a atenção de grandes empresas para propagarem os seus produtos e serviços. E em 2008 nasceu o termo "Social Media" que é uma forma de se fazer comunicação dentro das redes sociais . São estratégias para estimular a propagação espontânea de uma mensagem. A maioria das empresas possuem um setor específico só para cuidar da sua divulgação nas redes sociais, dá para perceber o quanto o assunto é importante.
Assim como na "vida real" a forma mais eficiente de se fazer propaganda nesse novo meio é através do velho e conhecido boca à boca, mas nesse caso, até esse conhecido do início da história da humanidade tem um nome específico, é o "Buzz Marketing".
Não tem jeito, a cada dia que passa somos levados por essa onda nova da tecnologia. E o que temos a fazer é nos deixar levar por ela e tentar aproveitar ao máximo os benefícios que ela nos proporciona.
Se quisermos ser respeitados e influentes no meio das redes sociais é necessário que tenhamos interação com os outros e conteúdo de qualidade. Precisamos de qualidade da comunicação.
Encare as redes sociais como mais do que entretenimento e tenha certeza que terá ótimos resultados.
Agora é sua vez, comece a criar informação e boa sorte.

26 de setembro de 2011

#Musicar



Sei lá...
Tem dias que a gente olha pra si
E se pergunta se é mesmo isso aí
Que a gente achou que ia ser
Quando a gente crescer
E nossa história de repente ficou
Alguma coisa que alguém inventou
A gente não se reconhece ali
No oposto de um déjà vu
Sei lá...
Tem tanta coisa que a gente não diz
E se pergunta se anda feliz
Com o rumo que a vida tomou
No trabalho e no amor
Se a gente é dono do próprio nariz
Ou o espelho é que se transformou
A gente não se reconhece ali
No oposto de um vis a vis
Por isso eu quero mais
Não dá pra ser depois
Do que ficou pra trás
Na hora que já é!