5 de dezembro de 2010

03 de dezembro de 2010



Ah.. eu precisava escrever
00:03 e eu estou me sentindo vazia..
É saudade! Saudade de alguém que nem sei quem é. 
Saudade de viver um amor, de sentir que sou a coisa mais importante na vida de alguém.
Vontade de sentir falta de ar ao passar um dia sem ver a razão da vida.
Vontade de ter alguém pra quem ligar nessas madrugadas onde sinto medo e frio, sozinha. De ir correndo para um colo e me sentir a mais segura.
Saudade do amor. Daquele que a gente sente e recebe em troca com um sorriso fascinante e olhos que brilham mais que estrelas.
Saudade de sentir aquele turbilhão de coisas ao beijar alguém, da mão suar, de ficar fria, de se arrepiar e se sentir feliz, leve e livre de qualquer condição.
Vontade de sair por aí de mãos dadas e nem ligar para o que as pessoas vão dizer ao olhar a minha cara de boba.
Ah vontade! Vontade de amor, de amar.
De acordar e sentir teu cheiro no travesseiro, de ouvir aquela música e te ligar pra dizer que lembrei de vc.
Coisas bobas, sabe? Que só gente apaixonada sabe fazer.

10 comentários:

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Eu já tive as mesmas vontades, e nesse meio tempo - que mais pareceu ser um "inteiro tempo, de tanto que demorou - eu apenas continuei depositando esse grande sonho e desejo nas mãos dEle.

Quando se tem metas para conquistar nossos sonhos, tudo se torna mais fácil.

-- -- --

Obrigado pela visita.
Fique bem.

Daninha disse...

Sentir essse tipo de coisa faz falta, sei como é.
Beijos

Rodolpho Padovani disse...

Ahh, sinto isso tbm, mas é uma saudade de uma coisa que nunca tive. É saudade, é vontade.

Bjs =)

Inercya disse...

Awn, que lindo teu texto. Tem gente que prefere não sentir essas coisas, não amar. Não sei como é essa saudade, mas acredito que seja vazia. :x
;*

Anônimo disse...

Pode passar um milhão de tempo... podemos ficar sem nos vermos, sem nos falarmos eras e mais eras (sem nenhum exagero), mas a nossa sintonia é muito mais forte do que você pode imaginar. Existem certas energias, certos laços, que nem mesmo pessoas ou regras podem desfaze-los. Sigo você com meu sexto sentido, com meu coração, com tudo mais que não se pode ver, apenas sentir.
Não dia 05 de dezembro, mas exatamente dia 03 de dezembro, senti o que você estava sentindo.
Coincidência? A muito não acredito em coincidências. A resposta eu tenho guardada aqui dentro e espero que um dia eu possa te explicar melhor.

Que a Luz sempre esteja contigo, minha eterna amiga! É lindo ver você mulher.

Beijo!

Henrique Miné disse...

mas é um sentimento natural que, todo mundo, hora ou outra, sente. E sente. E volta a sentir x)

beeeijos.

Luna Sanchez disse...

Paixão realmente dá colorido à vida...fica tudo sem graça quando o coração está vazio. Mas é fase, com certeza uma nova paixão não tarda. ;)

* Passando para conhecer teu blog.

Um beijo.

ℓυηα

Thais disse...

Sei bem como é? A maior saudade que eu tenho é de um abraço bem apertado que só quem a gente ama sabe dar. Terminei um namoro há uns 5 meses, então já viu... Carência total! Hehehe.

http://thaisacorrea.com/b/

Emi disse...

Lindíssimo, minha conterrânea querida! *-*
Acho que descreveu com a precisão doce de um desabafo aquilo que tem te faltado. Mas vai assim, de coração aberto, que o que te falta hoje te encontrará logo, logo! *-*
Beijoos!

Minne disse...

"Ah.. eu precisava escrever
00:03 e eu estou me sentindo vazia..
É saudade! Saudade de alguém que nem sei quem é. "

Parece que quando a gente escreve acaba de algum modo descarregando isso tudo. Não passa mas conforta. Muito bom o texto *-*