28 de dezembro de 2010

Era uma menina...

Era uma menina...
Não não, uma quase mulher.
Menina, mulher, não sei bem, ela sempre me deixou confusa quanto a isso.
É como um misto dos dois, uma frequente evolução.
Por muito tempo eu a observei, de perto, de longe, e até mesmo quando não a via e só ouvia o que os outros diziam dos atos corajosos e fortes daquela moça.
Ela tem medo de insetos, dá para acreditar? A menina que jogava bola, que corria atrás de pipa, que tem coragem de dizer a verdade sem se importar, que enfrenta esse mundo nojento, que deixa a sua marca, corria de qualquer inseto voador.
É engraçado...
Eu costumava chamá-la de curinga. Sabe quando uma pessoa entra na sua vida e simplesmente completa o que falta, resolve o enigma e te deixa feliz por nada? É ela.
Ao mesmo tempo que me confundia toda, me deixava cheia de dúvidas e incertezas e medo de fazer algo errado.
Sabe, quando a conheci, ela era muito cabeça dura (não que tenha deixado de ser), e acho que não acreditava em outra coisa que não visse, ela era prática e racional. O tempo passou e hoje, a moça, não deixa de fazer um pedido toda vez que passa pelo mar ou vê a lua, acredita em palhaços, e que o sorriso ajuda a sarar a alma. A menina, hoje, ainda mais acredita no amor. Não só naquele de casais apaixonados, mas no amor que pode existir nas pessoas. A mulher, acredita que a música ajuda a externar o que o coração está transbordando e as palavras secas se embolam toda para falar. A moça de quem eu falo me enche de orgulho sabe? Acho que enche a todos, ela é tão teimosa, que se coloca na cabeça que precisa conquistar algo, luta, luta e vai atrás. Seus sonhos, não são só sonhos, são projetos que um dia eu sei que ela conseguirá alcançar.
Mas aí, no meio disso tudo, ela deixa que projetos alheios a transforme em proprietária deles. Ela é forte sabe? Muito... Mas, o que ela esquece de deixar todos verem, é que ela é HUMANA. Assim, de carne, osso e coração, como todos os outros. E acaba fugindo, pra longe... Deixando para trás coisas que tanto ama, por achar que melhor será depois que o tempo passe e as pessoas não lembrem mais, principalmente ela.
Seus olhos cor d’água escondem histórias que poucos sabem desvendar, e aquele seu sorriso lindo cor de estrela as vezes disfarça o que a boca não pode falar.
Ô menina, linda mulher. Vive, ama, corre esse mundo afora, aprende as coisas que todo mundo procura e volta! Vem me dizer.
Cê sabe ô moça, não importa o tempo, o que aconteça, a sua Terra vai te chamar de novo e aqueles que te deram um pedaço de alma precisarão de ti.
Ei! Vem cá, me conta dos teus medos, será segredo, e sei que um dia iremos nos reencontrar e você me dirá que tudo foi lindo, e você está pronta para mais o que vier.
Ah minha menina, o que eu faço? Não importa aonde vás, não importa teu paço, seguirei no mesmo compasso.
Já viu artista sem inspiração? Dá não meu anjo. Então volta de pressa, pra que eu possa escrever de novo, e falar do socorro que tu me deste desde o dia em que te vi.
E toma, leva isso consigo, meu coração junto com um pouco da minha alma, enfeitados com a minha força, esperança e um pouco do encanto de artista que ainda me resta.
A estrada nunca acaba, sabe? Mas a menina-mulher, a moça dos olhos mais lindos que já conheci, sabe exatamente em que ponto quer chegar, e eu sei, que por mais que demore ela voltará.
Porque é assim que está escrito, lá no céu, com as estrelas.
O curinga precisa completar outros jogos, e aí ele poderá, finalmente ganhar o seu...
Pra sempre!


--------------------------------------------------------------------------------

Não tem noção de quanto difícil pra mim é colocar esse texto hoje, colocando essa foto dessa mocinha aí.
Ah meu curinga, você e nem ninguém tem noção nenhuma do quanto está me doendo tudo isso. Não tem noção de como eu queria ter ido lá hoje para te dar um abraço e te dizer tudo que eu ainda tenho pra dizer. Mas tem noção de como sangraria te dizer adeus? Saber que você vai embora assim?
Não não, prefiro que nós duas nos lembremos naquele dia andando pela praia à tarde, falando besteiras, completando a frase uma da outra, sorrindo, sorrindo...
Eu vou estar rezando e olhando por você. Falarei para todos os seres encantados do universo que te cuidem e te protejam de tudo, e a lua e o mar irão abençoar e guiar seu caminho para sempre.
Eu te amo MUITO minha menina, e vai ser assim para sempre.
Já estou sangrando e sufocando de saudades... e vai ser pior cada dia.
Fica com os anjos e PELO AMOR DE DEUS se cuide.
Estarei aqui te esperando, ou talvez eu vá lá te buscar em cima de um cometa ( que eu pegarei emprestado do meu anjinho italiano) e iremos dar uma volta no planeta.
Um beijo e um abraço sufocante do seu eterno palhaço.



8 comentários:

Anônimo disse...

Eu imagino como eh isso pra vc, nao consigo imaginar a dor de perder uma so pessoa, afinal, estou perdendo varias pessoas, lugares, meu espaço, meu mundooo. Eu te amo muito meu palhacinho e vouu lembrar d vc eternamente, a cada momento.. Fica com Deus.

Patricia Leles disse...

Nossa é assim?! Quem disse q vou emprestar meu cometa? haha
Anjo meu pode pegar ele semper que quiser... Até eu vou sentir falta dessa curinga ai... Mas ela me esquece quase sempre, etnao tudo bem... Faz parte...
Anjo meu enquanto ela estiver longe, eu estarei cuidando de voce sempre... Sempre mesmo...
Beijo maior do mundo =)

Inercya disse...

Nossa, Jéssica, que encanto de texto. A menina quase mulher, que tem seus defeitos a parte, mas muitas qualidades. Voce demora para escrever, mas escreve coisas lindas. Amey demais.
:****

*Mi§§ §impatia* disse...

Texto apaixonante, maravilhoso, tu escreves muito bem querida, parabéns.
Beijos.

Minne disse...

Jéssica que texto encantador, tu descreves muito bem, com palavras mais encantadoras ainda a menina quase mulher. Beijos :*

*Mi§§ §impatia* disse...

Obrigada pela amizade,
dedicação e carinho que recebi de você neste ano.
Não há no Universo palavras que possam
expressar o que sinto em meu coração.
Desejo um ANO NOVO
cheio de AMOR e PROSPERIDADE.
Que sejamos neste ano e nos
demais aquela criança acolhida nos braços do PAI.
E que o ESPÍRITO da PAZ
sobrevoe nossos lares e pouse em nossos corações.
Obrigada por VOCÊ existir e fazer parte da minha vida.
Feliz 2011.
Beijos no coração.
Miss Simpatia.

Kim Sousa disse...

Oi linda, tenha um ótimo 2011 e que todos os seus sonhos sejam realizados...

Adorei as mensagens subliminares do tento...

Abração e até mais...ahah

Ana Flavya disse...

Texto lindo demais, sem palavras!