10 de dezembro de 2011

Medo de Blitz? Eu tenho o Twitter da Lei seca ;)

Depois que a Lei Seca foi implementada no nosso país, é mais do que notável a redução de acidentes de carro cometidos por pessoas que estavam consumindo bebidas alcoólicas. Após um tempo de ação total, os agentes de trânsito se ausentaram um pouco das ruas. Mas agora, "o bicho pegou". Antes havia uma porcentagem permitida de álcool no sangue da pessoa que fazia o teste do bafômetro, hoje a porcentagem é de 0%. Ou seja, se beber, definitivamente, não dirija.
Estamos salvos? Não. Não estamos.
Em cada Estado, sendo que SP e RJ são os pioneiros e os mais ativos, existem o twitter da Lei Seca. Onde os motoristas que vão passando pelas ruas e vêem Blitz avisam pelo Twitter e os seguidores já podem evitar passar pelo local.
Em uma reportagem, um estudante declarou que essa prática da Lei Seca no Twitter o devolve o direito de ir e vir. Mas em meio a isso, pergunto-me se essas pessoas não estão arriscando ainda mais a sua própria vida e a daqueles que estão à sua volta.
Acredito sim que todos tem o direito de andar livremente para onde bem entendem. Mas tenho certeza que se alguém insiste em infringir uma lei, sabendo ainda mais que, mesmo que dirija direito, consumindo bebidas alcoólicas pode alterar o seu reflexo, e causar um acidente ao ponto de provocar um grave acidente; para mim não há argumento.
Se não quiser virar estatística é bom seguir a lei, porque depois da morte, nem corrida de "velotró" você vai participar. A vida é muito valiosa para ser arriscada com infantilidades e irresponsabilidades como essa.

Veja Abaixo o vídeo de entrevista com o estudante:



E você, acha o que?

3 comentários:

Camila Mancio. disse...

BELO BLOG, SUCESSO E BEIJOS.

http://tepegonamoita.blogspot.com/

Daninha disse...

Acho certo ninguém dirigir bêbado. As pessoas deveriam se conscientizar que além de estarem colocando a vida delas em risco também estão colocando a vida de outras pessoas.
Mas ninguém pensa nisso, infelizmente.
E esse negócio do twitter é ridículo, e só mostra que as pessoas continuam sem se importar.
Beijos (:

Ana Caroline disse...

Isso é um verdadeiro absurdo a internet não deveria ser usada pra esses tipos de fins.