6 de setembro de 2012

6.9 (2)



Vem pra cá, vai!
Eu só preciso de você
Sentir seu desejo suspirando na minha pele
E suas mãos se entorpecendo no meu corpo
Dos nossos cheiros misturados com o do lençol e dos nossos risos singelos com beijos desesperados
Que mal há ser um corpo só, se os dois corpos querem o mesmo?
Não importa como, onde, ou que horas... O que vale é a nossa vontade!
Daquelas que a gente não consegue conter, disfaçar... que nos faz correr para um canto qualquer e nos entregar, mesmo que rapidinho, em meio ao bater acelerado de corações fugitivos
Vem pra cá, que o seu prazer é meu
Quero voar, me desprender, e só você consegue me levar além
Vem meu amor, que o nosso amor é ainda mais gostoso por ser do nosso jeito
Com amor, desejo, loucura e vontade
Vem fazer amor em mim

3 comentários:

Luísa Zanni disse...

"Seja qual for o tema, o que te importa é sexo. Seja alegria, angústia, choro, encanto ou dor. Seja de ausência, sonho, tara ou por complexo; seja na cama, palco escada elevador" ;)

Curti o post. Que posso dizer? Aproveite o dia! haha Beijos!

Dani disse...

Inspirada com o dia? HUAHUAHA :x
Ficou muito bom.

Renan Mendes disse...

"Que mal há ser um corpo só, se os dois corpos querem o mesmo?"
Que mal, não é mesmo?