22 de setembro de 2012

Não é bobagem, ta?


Será que você não enjoa de tanto eu te amar? É tão estranho! Quando eu olho para você é como se Deus colocasse a mão no meu ombro e eu sentisse o poder da criação diante de mim. Eu não queria ser só aquela menina boba que fala de amor, sabe? Juro que não! Mas o que eu faço?! Não sei o que é isso, que depois de um ano e alguns meses continua crescendo de uma forma assustadora. É loucura. Não, é? O meu amor é o seu cheiro, que me enlaça toda vez que fico pertinho de você enquanto dorme tranquila, e sua respiração toca em mim. É o seu sorriso bobo e cafajeste toda vez que quer me ver enciumada. É o seu pincesa que me derrete. Eu sou tão feliz! Sei que ultimamente estamos tomando baques de todos os lados, e que choramos à noite sem encontrar saída. Mas, imagina como seria a minha vida se eu nunca tivesse te encontrado? Como eu seria ôca e vazia, seguindo uma vida por seguir, só para alguém poder me chamar de esforçada! Eu não estava viva antes. Você me ensinou a viver. Me ensinou o que é o amor. É serio! Não é só coisa de gente apaixonada não, de que acaba de dar o primeiro beijo. É coisa de quem ama e continua com a paixão acesa e um misto enorme de emoções que só me fazem achar que o mundo pode ser difícil, mas sem você não faria sentido algum. É uma alegria gigante quando te vejo fazendo algazarra na nossa cama com a nossa filha, que pode não ter nascido de nós, e parecer um ursinho de pelúcia, mas tem todas as nossas qualidades e defeitos. Eu sei que não somos perfeitas, mas sei também o quanto você se esforça para ser a melhor para quem gosta. E é tão lindo ver, diariamente, a sua evolução. Você é uma pessoa maravilhosa, e eu só tenho que agradecer a Deus por ter me concedido uma benção assim. Eu posso até ser Alice, e acreditar em tudo e em todos, mas você não me deixa mais quebrar a cara. É lindo. Não preciso chorar para você me acalmar, você cuidará de mim antes mesmo que o buraco apareça. E tem coisa mais segura no mundo que o seu abraço? Nada nunca será ruim enquanto você me disser que vai cuidar de mim, e que tudo vai passar. Vamos dar um jeito. Eu só queria que você soubesse, meu amor, que nem a rotina, ou tempo, dificuldades, e muito menos as pessoas que torcem contra... NADA disso conseguiu diminuir o que eu sinto por você. Que mesmo que as coisas pareçam normais para qualquer um, elas não são para mim. Cada dia que passa o que eu sinto aqui dentro aumenta e me deixa ainda mais apaixonada por aquela pessoa ousada que disse, e me roubou mesmo. Eu te amo, cada segundo mais. Desculpa roubar o seu ar.

3 comentários:

Nati disse...

No começo do 'eu te amo' pra cá e pra lá, eu me sentia maravilhada, agora eu to enjoada... Beijo

Dani disse...

Ah, o amor. Ele é tão contraditório, consegue ser belo e triste no mesmo contexto. Bom pelo menos em minha vida. :/
Beijos

http://cafeeocio.blogspot.com.br/

Djessica Prado disse...

Seguindo você , lindo seu blog (:

http://pensamentosflutuaam.blogspot.com.br/