30 de maio de 2010

Algo pra falar


As vezes a gente tem tanta coisa pra falar, que mesmo sabendo a infinitude das palavras, a gente percebe que ainda assim é pouco.
Tem dias que os anos vividos paressem segundos quando lembrados, enquanto segundos se tornam séculos.
O que queria mesmo dizer é que eu tô aprendendo.
Aprendendo a lidar com essa coisa toda de viver. Porque não há coisa mais desafiadora e complexa que viver.
Mas há alguns séculos (na verdade "segundos") eu me sinto bem, feliz, pura e de alma lavada.
Olhei pro lado e percebi que o meu conto não está só no papel! Consegui verificar em meio a gestos e sorrisos que, aquele meu sonho de fazer do mundo encantado se realiza todos os dias.
E que coração, por mais frio e insensível que seja, ao ver o mundo que criei, não baterá mais forte e insistirá para viver naquelas terras?

8 comentários:

Felipe disse...

O tempo, as palavras, tudo isso são detalhes menores. O que importa mesmo, só a gente sabe.
Belo texto!

abraços

Zombie Boy disse...

Parabéns pelo blog!Gostei muito!

Henrique Miné disse...

exatamente.

Até porque, nossa história não é escrita com palaavras x)

beeeeijos.

Natália Ferreira disse...

por que tem vidas que valem um segundo e um segundo que vale por toda uma vida.

@Jota disse...

Na verdade a vida é um conto. Só que a direção dela é decidido a partir das nossas escolhas.

Beijos ;D

Caroline Farias disse...

Não retiro uma palavra do que escreveu!

Saudades daqui, nunca mais passou lá no blog :(
beeijiinhos :*

Daninha disse...

Segundos se tornam séculos e um minuto pode fazer toda a diferença.
;**

Larissa disse...

Estranha essa sensação de quere dizer mil verdades - a nossa verdade - e não ter palavras. Não ter quem perceba como vivemos eternidades em alguns momentos.

Lindo.