3 de junho de 2011

Ela acredita em contos de fadas


Tenho um segredo para te contar, na verdade é uma história
Uma que me falaram um dia desses
Disseram que existia uma menina que acreditava em contos de fadas
Mas não era como todas nós que pequenas sonhamos acordadas com o príncipe encantado
Ela não, ela vivia pintando os dias delas com tintas coloridas e brilhantes
Via duendes e fadas, e dizia que a magia existia sim, bastava acreditar!
Não é engraçado? Uma menina que já era mulher sair por aí falando que acreditava no que ninguém jamais levou à serio
Diziam que ela ficava emburrada quando não acreditavam nas suas histórias e que ela conseguiria fazer qualquer um, pelo menos, prestar atenção nas suas palavras
Sabe por que estou falando dela agora?
Porque ela, mesmo quando os dias amanhecem chovosos, e que tudo parece chato
Ela ri e escreve novos personagens para sua história 

10 comentários:

Elania disse...

AAAAAAh, quero essa garota como amiga *-*
Gostei <3

Luana Almeida disse...

E existe "meninas" assim. ^^

Flores!

Daninha disse...

Viver assim parece ser um jeito bem mais fácil de enfrentar os acontecimentos da vida ><
Beijos

Fernand's disse...

porque ela bem conhece a beleza de dias chuvosos!



=)

bjsmeus

Marcelo R. Rezende disse...

Um jeito de nascer de novo, de ser feliz.

Sam. disse...

porque ela acreditava em anjos é que eles existiam...

Obrigada pela visita linda!

Um beijo!

Sigo-te lendo!

Larissa Lins disse...

E deve ser tão bom estar sempre cercada de novos personagens para fazer companhia. Ter sempre essa criatividade toda, essa imaginação toda, e principalmente, essa fé toda.

Emi disse...

Não importa que os outros ignorem, se ela acredita e sente-se bem por isso, que vá em frente e siga feliz. *-*
Lindo demais, conterrânea. Seus textos tem mágica, isso é fato.
Beijos!

Deyse Batista disse...

Que fofo o seu texto.
Acho que toda menina, hora ou outra, se sente exatamente assim.

Beijos.

Ane disse...

Olá!

Eu era do blog Pensaela, mas agora mudei: http://pedacosdela.blogspot.com

Obrigada!