13 de junho de 2011

Surpresa

Meu coração estava louco, você precisava ver. Acho que qualquer um há 100m conseguiria ouvir as batidas desesperadas dele.
E você ainda demorava! Eu andava de um lado para o outro daquele quarto gelado, minhas mãos tremiam e eu confesso que estava com uma vontade tamanha de chorar. Mas era de felicidade! Nunca imaginei que iria encontrar alguém como você, que conseguisse me causar aquilo tudo daquela forma tão louca.
Eu sempre fui bem sonhadora, sempre imaginei um amor lindo, alguém mais que especial. Só não achava que um dia eu poderia achar alguém ainda mais encantado que os personagens de contos de fadas.
Ai você chegou, e esperto como ninguém, já sabia do que se tratava. Que trabalho coisa nenhuma, aquilo lá era armação minha para você. E você me beijou tão doce... dizendo que me amava sem nenhuma palavra, eu ouvi.
Acho que você não acreditou na minha ousadia, não foi? Uma garotinha como eu, armou uma pra você a semana toda e você nem desconfiou.
E foi só olhar minha caixinha de presentes na cama, que aposto que você deve ter achado que eu era louca. E eu confirmo, loucos são os que amam! Loucos conscientes, felizes.
E cada minutinho do seu lado, cada abraço, beijo, toque... Cada dengo, cada carinha, cada gargalhada... tudo foi milimetricamente gravado na minha mente e está aqui rodando como um filme e eu não estou conseguindo segurar meu coração e meu riso que estão àmostras para qualquer um saber que eu estou amando você mais do que aparentemente amei alguém um dia.
Você sabe, tanto quanto eu, que qualquer um deve achar loucura esse nosso romance, mas eles não podem entender o que a gente que sente, não é?
Só tenha certeza meu dinossauro... eu te amo demais e você faça o pedido ou não, é com você que eu vou estar pra sempre.

3 comentários:

Lara disse...

Declaração de amor bonita. Seja lá quem for seu "dinossauro", tem vários motivos para acordar feliz.

Sabrina O. disse...

:) Amei .Confesso que foi uma surpresa, o nome "dinossauro" na conclusão do texto, rs.

RosaMaria disse...

O amor e suas vertentes...
Tão puro, tão insano, tão perfeito...

Adorei o dinossauro.

Boa noite, beijos