26 de julho de 2011

#Versos

Noite fria, beira da piscina.
Lá no fundo tocou aquela música daquele tempo onde eu costumava acreditar que tudo seria mais fácil.
Nostalgia. Saudade.
Olho ao redor e tudo é diferente
Mas você está aqui, isso me acalma.
O som já não toca mais, e é a melodia das nossas conversas que predominam
Planos, baboseiras, risos, medos
Confiança!
As vezes sair de órbita se torna poético
E eu aprecio a poesia
Você não?


12 comentários:

Sandro Honorato S. disse...

Olá :)

O que vou dizer?
Excelente texto.
Curto mas bem romantico e sensivel.

Beijos e tudo de bom
.......................
RIMAS DO PRETO

Natália Rocha disse...

Que lindo, Jéssica!
Uma poesia como a sua não há quem não aprecie.

beeijo*

Evanir disse...

Estar aqui no seu blog hoje
é mais uma benção divina.
Que sua terça feira seja de
paz e realizações na sua vida.
Que o amor fassa parte não só dos seus sonhos ,
mais sim uma realização .
Ter você como amiga é muito mais
do que mereço.
È por isso que estou trazendo essa mensagem
pois não quero que você me esquesa.
Um beijo no coração pra sempre sua amiga,Evanir.

Gaúcho disse...

E como não apreciar. Muitas vezes, um lugar ou uma pessoa, reativam em nosso subconsciente boas lembranças. Eu aprecio boas lembraças. Você também.

Abraços do Gaúcho.

RosaMaria disse...

Vou usar um texto do querido Carlos Drummond

Se eu gosto de poesia?

Gosto de gente
Bichos
Plantas
Lugares
Chocolate
Vinho
Papos amenos
Amizade
Amor

Acho que a poesia está contida nisso tudo.


Beijos doces pra ti.

C. disse...

Nunca deixe a música de vocês parar de tocar, é ela que trará outras regadas de mais boas lembranças.


Bela semana Jéssica, desculpe nao ter vindo antes conhecer seu lindo bloguito, mas já fui ficando :)

Everson Russo disse...

São belos e doloridos os versos de saudade,,,as vezes eles nos vem assim, do nada,,,como uma musica ao fundo,,,,beijos de bom dia pra ti.

D. Abreu disse...

E quando as coisas não saem com exatidão do jeito que planejamos? tudo é passageiro, e outras coisas sempre estarão por vir. Fazer valer a pena, pois tempus fugit.

Elania disse...

Versos que encanta;
Saudades que comandam.
Gostei *-*

Mah disse...

Como não apreciar????
Impossível neh?!
=P

Beijos

Inercya disse...

Versos curtos, porém bonitos. Dizendo tudo em poucas palavras (:
ah, adorei a foto ^^
:***

Tiêgo R. Alencar disse...

Queria gostar de poesia tanto quanto você... Mas enfim, você tem um jeito e tanto com os versos, arrasou!

Beijo :*