22 de agosto de 2009

Cadarço desamarrado


-Que cara esquisito!
-Hãm? - eu estava tão atenta ao meu suco de laranja que nem reparei quando o garoto novo do colégio passou pela gente.
O colégio todo o achava super estranho, e por isso acabavam tirando conclusões precipitadas do nosso novo colega.
- Ele é emo!
- Altista!
- Maluco...
- Quer chamar atenção, só isso.
Eu não concordava com nada do que diziam.
Na verdade aquele garoto me dispertava uma certa curiosidade.
Ele sempre estava com aquele cadarço desamarrado!
Lembro-me de umas duas ou três vezes ter dito:
- Hei, o cadarço tá desamarrado!
Ele só ria e continuava andando.
"Até o dia que bater de testa no chão" eu disse em meus pensamentos na última vez.
Ele tinha sempre fone nos ouvidos, andava sempre de chapeuzinho, parecia que nada o afligia! Tinha uma serenidade nata, e um frescor como ninguém.
Acabei meu suco de laranja e fui jogar o copo no lixo quando uma voz suave me falou:
- Não gosto de nós.
- O quê?
- É por isso que não amarro o cadarço.
Ele era engraçado.
- E se você cair?
- É com a queda que a gente aprende a levantar não é? Prefiro andar livre e correr o risco.
Eu queria dizer algo, mas não sabia o quê.
Ele me olhou com toda aquela calma e quando parecia dizer algo, bateu o sinal.
- Por que você não tenta? - Me desafiou o menino com uma piscada de olho enquanto ia em direção à sua sala.
Fiquei um minuto pensando no que ele falou... por que não?!
Talvez seja isso que o faz sorridente todos os dias.
Talvez eu quisesse ser exatamente como ele...
Seus cadarços desamarrados não me inquietarão mais.



Ps: esse ta quentinho, saiu ontem de madrugada :P


4 comentários:

Juliana* disse...

Tem selos p/ você lá no blog.
Espero que goste.Mas fique à vontade p/ recusá-los!

beijinhos

Princesa Moderna! disse...

Lindo esse texto :D eu ameeeeei Lindo lindo lindo! beijos

Princesa Moderna! disse...

Obrigada! Ah, vc escreve muuuuuito :D beijos

Bianca disse...

Que texto bonito, amor a primeira vista?
Bem estilo aqueles filmes americanos.. haha
Beijos