17 de agosto de 2009

Infância

Quantas cores, quanta alegria, quantos sorrisos e piadas...
Um pirulito gigante e um algodão doce que derrete na boca.

Por que quando a gente é criança quer ser grande?
Se o bom da vida é ver tudo tão inocentemente... se o bom é correr descalço sem frescuras.
Subir na árvore e se melar todo brincando com a areia,

Acreditar que os bêbês vem do céu, encontrar uma criança e já sair amigo dela.
Ser príncipes e princesas, saber voar...
Ah infância!

Saudade que você me faz sentir...
De quando eu era o super-herói de todas as histórias, de quando eu sempre era forte e corajoso.
Quando um sorriso saía tão fácil e vinha várias gargalhadas.
De quando eu tinha medo do escuro e a minha mãe me salvava.
Época que eu ficava cheia de perguntas, queria saber de tudo e sem vergonha de questionar.
Quando queria algo era só chorar e logo vinham me acalmar.
As crianças são pequenos homens!
As vezes penso que sabemos mais das coisas quando não sabemos de tudo.
Quando aproveitamos cada minuto, sendo cheios de dengos e sorrisos, cheios de bagunça e sem restritos.
Quando o mundo é todo colorido!




5 comentários:

Juliana* disse...

Ai, apaixonante!O texto, as fotos, a sensibilidade...

beijos

Rafaella disse...

Êta nostalgia que me deu agora xD
Hm, quanto ao seu coment no meu blog( "Preocupação já é algum indício de amor, não acha?"), eu espero que seja sim! xD

Beijoss

Aline V. disse...

que lindo esse texto! tb tenho saudades da minha infância...tempo tão lindo e bom que não volta mais... só as lembranças é que ficaram, ainda bem que tenho as melhores guardadas aqui comigo! =p

beijão...adorei seu blog...passe mais vezes lá no meu!

Agatha disse...

Pois é, antes eu queria ter logo meus dezoito, agora quero que ele chegue lentamente no tempo certo, quando eu estiver pronta, e tomara que isso demore! hehe q

Gostei muito do nome do blog, criativo a beça, gostei mesmo (:

Bj

, emile disse...

oun *-* tão fofo, eu, eu, ameeii, essas crianças são umas fofuras, aah eu amei o texto nao vou dizer nada pra não estragar o momento.
*-*
Jessica escreve super e irrevogavelmente bem!
;DD