12 de maio de 2011

Desse jeito vão saber de nós dois... nossos olhos são dengosos demais ♫♪


A culpa não é minha se eu não consigo disfarçar que gosto de você. Você pode até vir me dizer que eu fico te olhando diferente, ou que chego perto demais de você. Mas você sabe que foi você que me roubou e me fez sua assim.
"Quer apostar comigo que eu vou te roubar pra mim?"
E você acha que eu não apostei por que? Algo em sua voz me deu a certeza que eu me entregaria a você. E cá estamos aprendendo o nosso amor. Que já é tão gostoso, e nos tira de órbita com um simples sorriso. Eu sei, meu amor, que está tudo muito novo e é louco ser tão forte assim. Mas se o amor não tem explicação, pra que quebrarmos a nossa cabeça para entender o que não tem como, se a melhor forma seria nos deixar sentir? E eu sinto! A cada milésimo de segundo, o que sinto se transforma e já está ficando tão grande que já já não vai caber só em mim.
É incrível como isso tudo é tão diferente. Mais serio, mais íntimo, mais meigo, mais terno e cara de pau. É, cara de pau sim, desde o começo. Mas acho que foi daí que veio a graça desse nosso amor. Ele veio sem disfarces e nos mostra bem do jeito que somos, sem medo. E se o amor for mesmo aquilo de saber que o outro não é perfeito e ainda assim querer tê-lo sempre por perto, a gente está no caminho certo. Na verdade, eu acredito que somos peças diferentes que formam um belo encaixe.
E pra você, meu amor, eu quero apresentar a felicidade que completa, aquela que nos deixa em paz com os outros e com nós mesmos. Quero eu te apresentar o mundo com os olhos de um poeta, com o sonho do escritor e a coragem do artista. Quero você do meu lado agora e depois, junto disso tudo que a gente guarda  no coração. Talvez eu faça até uma canção, para guardar como prova  lá na frente que tudo que a gente realizou, a gente já sonhava agora, em meio a sorrisos e espantos, mas cheios de verdade.

7 comentários:

RosaMaria disse...

Como diria Tati B.

Meu coração é muito João Bobo....
A pessoa chuta e ele fica de pé rapidinho pra apanhar mais


Beijão!
Bom dia

Natália Rocha disse...

Que lindo!
Uma bela constatação de que se está amando.
Que seja doce então.

Beeijo*

Ana Flavya disse...

Nesses jogos de amor, normalmente nos rendemos. Muito lindo *-* beeijos !

Rafael Ayala disse...

Tu sabe o quanto eu gosto dessas coisas do amor, não sabe?
Teu texto tá lindo demais, muito bom mesmo!
E se a pessoa tiver lido, vai ficar bem mais feliz do que eu ao ler, com certeza.
Aproveita bem (tenho certeza que você vai)
Beijos
=]

Tammys Souza disse...

Jeeuu, seu blog é lindo!! Estou seguindo seu blog viu? dá uma olhada dps no meu e me segue /muchobesos

Van disse...

Que texto lindo, Jéssica!

No amor nada parece ser novo, tudo aprece qeu sempre esteve ali conosco, não prazo pra acontecer, já começa forte às vezes

Beijos!

Suzi Lima disse...

Quer notem. O amor é bonito. E deve ser mostrado