20 de setembro de 2009

Carta pra mim

Olá mocinha, quem lhe escreve é quem mais lhe conhece no mundo, por mais estranho que isso possa parecer, quem lhe escreve é você mesma, só que você num futuro não muito distante.
EU sei que por mais que você tenha acabado de rir e ter dito: "tem alguém brincando comigo", você acreditará nas minhas palavras. Você sou eu lembra? É estranho pra mim também.
Bom, o motivo dessa carta, o obejtivo dela, seria dizer a você o que tem de fazer para que o nosso futuro seja melhor, ou algo do tipo.
Mas não irei dizer o que tem de fazer, só darei conselhos que sei que irá seguir.
Sei que andas confusa, e que sua cabecinha infanto-juvenil é cheia de sonhos e planos. MAs sei também que é cheia de medos. Por isso tenho alguns conselhos.
Nunca deixe que te digam que não vale a pena lutar pelos seus sonhos ou que eles são passageiros, eu não tive força suficiente quando estava no seu lugar e sofri algumas consequencias por isso, não desisti dos meus sonhos, mas as coisas podem ser mais fáceis pra você.
Não tenha medo de arriscar! As vezes é só arriscando que a gente é feliz, a gente aprende o que é a felicidade. E eu disperdicei muitas oportunidades por medo. Seja feliz sem medo!
Siga seus instintos, seu coração, mas não esqueça da razão viu?
Te digo que mesmo tendo deixado de fazer algumas coisas hoje nós somos felizes. Não acertamos sempre, mas os nossos erros foram de ajuda para enfrentar outras coisas na vida. Não me arrependo de nada, sei que você também não se arrependeria, e até ficaria feliz se soubesse exatamente como as coisas andam.
MAs é você que tem que fazer sua história, andar com suas próprias pernas.
Siga seu caminho, faça valer a pena!
As coisas são mais simples do que pensamos, viva a vida com essa simplicidade!
Um abraço forte querida eu! É... isso é estranho! Mas você entende não é?
Espero que tenha ajudado.




Postagem participativa da blogagem coletiva proposta pelo blog "Um pouco de mim" (elainegaspareto.blogspot.com)

15 comentários:

Elaine disse...

Olá!
Querida, milhões de desculpas!
Já linkei teu blog; obrigada por avisar.
Sua carta é uma das que "fazem valer a pena" !
Muito obrigada por participar!
Beijos.

Dalva disse...

Jessica,

essa blogagem mexeu com nossos sentimentos... estou adorando participar. Parabéns pela postagem...

Também estou participando... Se puder, dá uma passadinha, gostarei da tua visita!

Bjs.
Dalva

Diversidade.com disse...

Flor bela!!!

Que lindo espaço...
Que belos textos.

Passeando e agora seguindo!já rs


Adorei a carta e acredito até ter me ajudado!

Beijooo

Boa semana!

Dayane disse...

Senti cm se fosse uma carta de mim para mim tbm ^^!

Natália Corrêa disse...

Fico me perguntando o que eu escreveria pra mim mesma no passado, se pudesse.
Acho que diria para eu continuar seguindo meu coração, mas avisaria o desperdício que seria o desespero, já que no final (hoje) eu nem me lembraria mais daquelas coisas ruins.

Lindo texto, adorei.

Zeze disse...

Faça valer a pena, você pode!
beijo

Fulvio Ribeiro disse...

olá bela carta.
Parabéns..!!!
abraços.

Princesa Moderna! disse...

era tudo o que eu precisava ouvir hoje! lindo :D
beijos

Juliana* disse...

Lindo!
Fazer valer a pena...sempre!

beijossss

A Madrasta Má disse...

Não tenha medo de arriscar, se jogaaaaaaaaaaaaaaaa! Seja feliz sempre! Bjinhos da Madrasta!

Coração Alado disse...

adoreeeei!
isso mesmo. seja feliz sem medo!
eu tbm "me dou" esse conselho de vez em quando. e não há ninguém que saiba o que pode ser melhor pra nós, se não nos mesmos.
um beijo!!

Renata Nogueira disse...

Jéssica, parabéns pela participação!
Beijo

, emile disse...

sepre traz coisas novaspara reflertimos. adorei :)

Luciana disse...

Um jeito simples e otimista de ver a vida e o q se fez dela.Gostei!
Gostei daqui e volto.

Michy Lavigne disse...

"Siga seus instintos, seu coração, mas não esqueça da razão viu?
As coisas são mais simples do que pensamos, viva a vida com essa simplicidade!"

Se fosse TE escrever uma carta diria isso :D