3 de setembro de 2009

O palhaço


Sabe aquele palhaço?
Aquele que se pinta de sorrisos,
Que trás alegria aos corações deprimidos?
Um dia o palhaço me viu olhando para o mar.
- O que a doce menina parece procurar?
Perguntou ele meio curioso.
Achei estranho aquele ser aparecer,
mas olhei para seu rosto cheio de tinta e respondi:
-Não sei ao certo, procuro o que vir me aparecer.
Parece que ele não entendeu o que eu quis dizer.
Olhou para o mar, olhou para mim, coçou a cabeça que tinha uma cartola,
Pensou… respirou fundo e sorriu.
Olhou pra mim espantado e disse:
-Tem uma coisa enorme na sua orelha!
O quê? Na minha orelha, como assim?
Sem que eu pudesse perguntar nada, ele pôs sua mão na minha orelha direita.
-Sabe, uma vez eu ouvi dizer que certas pessoas tem um dom magnífico.
-E que dom magnífico é esse, pode me dizer?
-Claro doce menina! Essas pessoas transformam as coisas.
-Transformam as coisas?
Eu não consegui acreditar, quem pode ter esse poder?
-E transformam em quê?
-Isso de muito depende.
Eu acho que depois de um tempo as pessoas não acreditam mais em palhaços.
Ele tirou sua mão da minha orelha direita e trouxe consigo uma linda rosa.
Meus olhos brilharam, e sorri.
-Depende de elas acreditarem e sorrirem. O sorriso delas transforma o mundo em poesia!
Hoje eu sei o que estava procurando!
Estava procurando um palhaço, que tem o dom magnífico de tirar um sorriso das pessoas. Que me fizesse acreditar nas coisas!
Depois de um tempo de silêncio sentado ao meu lado o palhaço me perguntou:
- Você acredita nas palavras?
Como assim acreditar nas palavras?
-Depende de quem sejam essas palavras.
-Ah, sei… acredite nas suas!
Ele levantou e foi saindo.
-Ei, espera! Como assim?
Ele parou, olhou para mim, tirou a cartola e falou:
-Também não sei, as palavras são suas e não minhas.
Sorriu e me jogou uma bolinha vermelha.
-Cuide dela, quem sabe um dia ela não abre?
Não entendi de novo. Acho que palhaço tem mania de falar complicado.
Hoje, eu não sei… mas acredito!



ps: meu texto que mais gosto, espero que tenham gostado também!

7 comentários:

Princesa Moderna! disse...

Ai que lindo esse texto! eu ameeei! nossa, você escreve muito! parabéns! beijos

Silvia Gonçalves disse...

Amei...

Uma graça...

Muito lindo mesmo...

E a bolinha??

Bjos

may disse...

Caramba, eu não gosto de palhaço, mas eu AMEI esse texto. Muito lindo mesmo, deu pra imaginar cada palavrinha e me fez sentir aquele menina de tantas dúvidas.

Gilmara S. disse...

Eu gostei!!! Escreves bem!!!
Se der aparece no meu bllog tb!
bjosss!!!

Natália Corrêa disse...

sorrir, por si só, já uma forma de poesia. e os palhaços existem pra isso... para fazer desabrochar a poesia dos outros.

*-*

Dayane disse...

Muito lindo mesmo!
Eu sou palhaça,sabia?De verdade ^^"!E sim,se um palhaço não tiver esse dom,de nada vale.Bjo.

Moni disse...

realmente um texto mto lindo..adoro palhaços!!! obrigada por ter me visitado! bjks