17 de setembro de 2009

Só precisava dizer


O que tem demais em ser como um pássaro?
Não quero viver olhando pela janela, quero passar por ela e sentir cada gostinho da vida.
Sentir o vento tocar o meu rosto e fechando os olhos me sentir no céu.
E se eu vejo o mundo com outros olhos? O que tem demais? Ruim é ver o mundo todo cinza, todo mal. Vejo ele todo colorido, eu sei dos seus males mas eu sei também que se eu fizer a minha parte as coisas podem melhorar.
Acredito sim na magia das coisas, acredito nas PEQUENAS coisas, sei que são elas que nos fazem crescer, evoluir, sorrir.
E se eu ainda sonhar com contos de fadas? Isso não seria normal?
Quem não quer viver num lindo castelo e ser feliz ao lado de quem ama de verdade?
Quero ser palhaço!
Se a vida é feita de escolhas todo mundo tem o direito de fazer a sua e ser respeitado por isso.
O que adianta viver deixando que outros escolham por você?
Eu quero ver se aprendi a andar, quero cair e me machucar, porque assim eu vou dar mais valor a andar correto, e vou aprender a levantar.
Quero andar sem ter porquê parar, sem saber aonde chegar... andar e conhecer o mundo.
Não preciso de muito: com uma mochila nas costa quero um violão, amigos e um verdadeiro amor no coração. É o que me faz feliz!
Estou escrevendo a minha história, quero vivê-la em cada palavra.
Vou lutar, ter forças e sei que vou ganhar.
Tenho minha inspiração, a minha razão, o meu ar. ♥♥♥
Quero viver! Que mal há?
[...]Que na vida, só eu sei pra onde eu vou (8) ( Floripa - Chimarruts)

11 comentários:

Natália Corrêa disse...

Não há nada demais em viver a vida sonhando. Eu também queria ser como um pássaro, e as vezes o quero tanto que quase posso voar.
Recebo muitas críticas por ser assim, as vezes penso que não me encaixo no mundo, mas aí penso melhor e penso que não quero me encaixar. Não quero me juntar a toda essa gente cinza, quando posso ser de todas as cores.

E sobre nossa filosofia:
Eu acho que nós temos medo. Medo de ficar vulneráveis demais se todo mundo souber quem realmente somos. É como se fôssemos um alvo fácil. Então mentimos. Eu mesmo minto que sou forte e resistente, mas na verdade sou feita de manteiga e derreto até com o sol.

Coração Alado disse...

É lindo não ter medo de viver. E mais lindo ainda, é saber dos riscos que está correndo, mas não desistir por isso.

Seja sempre corajosa e forte assim.

Um beijo!

João Tainha disse...

Trabuco significa o que?

- Nêssa Barbosa. disse...

Simplesmente adoorei..

muito obrigada pela visitinha no meu blog.. tem coisa nova lá

beeijãão ;*
www.divinaefeminina.blospot.com

. Cαroline Fαriαs ⋆ disse...

Quem não quer sempre viver em um conto de fadas num castelo com o principe encantado.
As vezes pensando que a vida é simples depois mais nem sempre é assim, todos temos as nossas barreiras!

Beijo.
obs: tem post novo no blog.

Lela disse...

Ah, moça!!
Obrigada pelo comentário! E pelo elogio! Quem não gosta, né? ;D
E o carneiro na caixa remete sim ao "Pequeno Príncipe". AMO!

Saiba que eu gostei daqui tbm. E mais: me identifiquei muuuito com o blog e com vc. Acredito em contos de fadas mesmo sabendo que eles talvez não tenham final feliz. E tbm vejo o mundo colorido.

Juliana* disse...

Que lindo.Cada vez mais poesia.
'Quero ser palhaço', Achei mágica essa frase.
Eu sempre achei que sonhar sempre vale a pena!
Parabéns.

beijos

. Cαroline Fαriαs ⋆ disse...

Tem um selo para você lá no blog!
beijos

A n i n h a a disse...

com certeza o que importa nessa vida são as pequenas coisas: sem elas você não saberia identificar o caráter das outras pessoas, por exemplo.


beijos flor :*

Bianca disse...

Correr riscos é viver. Essa é a realidade.

Beijos

disse...

Muito obrigada pela visita, pelo comentário. Adorei conhecê-la ;)
Volte, e aceite o mimo
que deixei no Ensaios pra você...
E nunca deixe de acreditar nas cores, na magias, no encantamentos dos sonhos...
Beijo grande.