1 de setembro de 2011

#Blábláblá


"Deixe esse problema atoa
Pra ficar na boa
Vem pra cá, vem pra cá"
(Do lado de cá - Chimarruts)



De uns dias pra cá andei pensando. Estive com alguns problemas e de repente percebi que fui eu que compliquei tudo.
É tão simples fazer o que quer, correr pra isso.
Basta ter coragem para lutar contra conceitos e medos.
Eu não condeno os que vivem em prol do que os outros acham melhor.
Mas eu sou livre.

11 comentários:

FABIO DIAS disse...

Já estreou seus posts no novo blogger!
rs
Adoro suas poesias!
Seus pensamentos!
Beijos

HONORATO,Sandro. disse...

Olá :)
Adorei o post.

O trecho da musica foi espetacular.
E de vez em quando complicamos as coisas mesmo..relaxa.

Beijos e tudo de bom
.....................
http://minhaformadeexpressao.blogspot.com/

@Bonnytinha disse...

Acho que essa é a graça da vida neh... Viver e superar os problemas!!
beijos
@bonnytinha
www.vengent.blogspot.com

olhar disse...

sou livre também!

pago um preço alto por isto...mas foi a escolha que fiz!!

beijos e adorei sua visita lá no meu OLHAR, onde só vale se OLHAR DENTRO DOS OLHOS!


Bia

Daniel Pepe disse...

Pois é, as coisas são bem mais simples do que geralmente as enxergamos.

Preserve sempre a sua liberdade! Ela só depende de vc. ;)

Minne disse...

E tem de ser assim, cada um ganhou sua vida pra cuidar dela como bem entender, viver a dos outros é perda de tempo. Beijo. :3

rafaela ivo, disse...

O problema é que às vezes falta gás pra continuar na luta.

Aleatoriamente disse...

É moça, condenar não ficou para os bons.
A liberdade é merecimento de cada um.
Para ter esse merecimento, basta viver em harmonia com a vida não é mesmo?
Amei o texto.
Linda desculpa a demora, estava me preparando para noivar.
Beijinho.

Fernanda

Por que você faz poema? disse...

Pode parecer obvio, mas somos a solução e o problema.

Marisa Ferreira disse...

Livre que nem um passarinho =)

Um bom fim-de-semana, beijinhos**

Inercya disse...

Às vezes a gente pensa que nosso problema é grande, mas se for comparar com outros, o nosso fica pequeno demais. E somos nós mesmos que complicamos, como você disse.
Mas é bom ser livre, não é? (:
:*